quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Pernambuco recebe filmes até 04 de novembro

Foto de Costa Neto
O Governo de Pernambuco e a Prefeitura do Recife convocam cineastas de todas as regiões do Estado a participarem do 20º Festival de Curtas de Pernambuco, o FestCine.
Consolidado no calendário cultural como importante janela de exibição da rica produção audiovisual pernambucana, o 20º FestCine vai ocupar o Cinema São Luiz entre os dias 3 e 8 de dezembro. Pela primeira vez em vinte edições, o processo de inscrição dos filmes é totalmente online, via plataforma Mapa Cultural de Pernambuco.

“O Festival chega à sua vigésima edição reafirmando e incentivando o olhar para a produção audiovisual local. A história do FestCine é marcada pela exibição dos primeiros curtas-metragens de realizadores que hoje são reconhecidos até internacionalmente, então, é com grande alegria que damos continuidade a um evento que representa tanto para toda a cadeia do cinema e da produção audiovisual pernambucana”, celebra Antonieta Trindade, Secretária Estadual de Cultura.

“Grande celeiro de produção audiovisual, Pernambuco e principalmente Recife têm vocação para gerar profissionais sensíveis e inovadores. Por isso os poderes públicos precisam se manter articulados – e o fazem – para potencializar e fomentar o surgimento de novos talentos por trás das câmeras”, diz o presidente da Fundação de Cultura Cidade do Recife, Diego Rocha.
Com mostras competitivas de filmes de animação, documentário, videoarte/experimental, ficção e videoclipe, o Festival vai distribuir este ano um total de R$ 58,5 mil em prêmios. Além do Troféu Fernando Spencer aos vencedores da mostra Competitiva Geral nas categorias de direção, fotografia, roteiro, produção, direção de arte, ator, atriz, entre outras.




De acordo com Márcia Souto, presidente da Fundarpe, “a inclusão de pessoas com algum tipo de deficiência no Festival também é um aspecto que estamos fortalecendo nesta edição, com a realização de sessões especialmente direcionadas a este público; e na grade de formação cultural, as mulheres têm prioridade, são o público-alvo de oficinas que serão ofertadas em parceria com o FERA (Feminismo e Equidade para Reinventar o Audiovisual)”. As inscrições nas oficinas de direção e roteiro, direção de fotografia, som direto, montagem de imagem e som, e de crítica cinematográfica já estão abertas.

O edital do 20º FestCine está disponível e as inscrições podem ser feitas entre os dias 19 de outubro a 04 de novembro no endereço: http://www.mapacultural.pe.gov.br/projeto/93

Rádio Frei Caneca entrevista André Filho e Daniela Travassos


André Filho, Daniela Travassos e Manoel Constantino. 
Coluna Papo de Artista
A Companhia Fiandeiros de Teatro, que comemora 15 anos de atuação na cena teatral pernambucana, participa da Coluna Papo de Artista, no programa Revista Difusora, com André Filho e Daniela Travassos, entrevistados por Manoel Constantino.

O programa Revista Difusora, das 16 às 19hs, na Frei Caneca, 101.5,  é apresentado por Patrick Torquato, e a Coluna Papo de Artista vai ao ar ás 17hs.

Festival de Circo do Brasil começa nesta sexta (2)






Será realizada de 02 a 11 de novembro a 14ª edição do Festival de Circo do Brasil. que irá abordar o tema "Toda fauna e toda flora", ocupando espaços como os teatros de Santa Isabel, Apolo e Hermilo, o Museu do Estado, parques e praças públicas do Recife e de cidades do Agreste de Pernambuco.

A programação conta com 15 espetáculos circenses de vários estilos, além de filmes, exposição, lançamento de livro, debates, workshops e oficinas. Nesta edição a estarão presente cinco companhias internacionais e dez brasileiras, um dos destaque  estrangeiro é o palhaço norte-americano Avner Eisenberg, que encena o show "Avner the eccentrie", nos dias 10 e 11, às 17h, no Santa Isabel. Com quase 40 anos de carreira, o artista é mundialmente reconhecido por seus trabalhos na Broadway e em filmes de Hollywood.

Isabella Taviani sobe ao palco do Teatro Boa Vista para comemora 15 anos de carreira

 Isabella Taviani por Tielle Mello


A carioca apresenta o show “15 anos, (só) eu e você”, voz e violão no Teatro Boa Vista

Comemorando 15 anos de carreira, Isabella Taviani traz ao Recife o espetáculo “15 anos, (só) eu e você”, o show marcado para este sábado, dia 03 de novembro no Teatro Boa Vista. O show terá início às 20h30. Como parte das comemorações, a cantora e compositora carioca prepara novidades para os “peixinhos”, como seus fãs se autodenominam: O lançamento de singles inéditos ao longo do ano – o primeiro, “A vida vive sem você” (IT/Sony Music),  que já está tocando nas rádios  –e seu novo show, que agora ganha também uma versão voz    e violão, “15 anos,  (Só)   eu e você”,  com uma aproximação e interação maior com o público, apresentando  suas canções da maneira que foram concebidas, mas tocando ao coração na mesma intensidade.

Feira No Ar abre chamada para marcas, coletivos e food trucks para o Festival Coquetel Molotov


 Marcas novas, artistas, coletivos, designers e food trucks que desejarem participar da próxima edição da Feira No Ar e se lançar no mercado autoral pernambucano, tem até o dia 10 de novembro para garantir seu espaço no evento.

Com apoio do SEBRAE, a feira cultural do festival No Ar Coquetel Molotov é composta por mais de 40 expositores de diversas áreas com stands de moda, discos, acessórios, decoração e até tarô.

A iniciativa é dedicada ao empreendedorismo e produção independente do estado pernambucano. Bem como as atrações musicais, as marcas participantes da feira, também se comunicam e compartilham os valores do festival. Criatividade, inovação e sustentabilidade, foram os preceitos para a curadoria realizada por Nestor Mádenes, diretor de produção, do evento.

Os interessados devem se inscrever através do email: expositornoar@gmail.comO festival Coquetel Molotov que está em sua 15ª edição acontece dia 17 de novembro, no Caxangá Golf Club.


SERVIÇO:

TNT Energy Drink Apresenta: No Ar Coquetel Molotov 2018

No Caxanga Golf Country Club - Av. Caxangá, 5362 - Iputinga
Sábado, 17 de novembroa partir das 13h
Ingressos LIMITADOS: 2º Lote: R$55,00 (meia), R$110,00 (inteira) e R$80,00 (social - levar 1 kg de alimento não-perecível)  
Pontos de venda: 
Avesso (Avenida Rui Barbosa, 806) - seg a sexta, das 9h30 às 19h30 e sábado, das 9h às 18h.

“A Mulher de Bath“ com Maitê Proença


Com direção de Amir Haddad, espetáculo chega ao Teatro RioMar
dia 4 de novembro

 “Se não houvesse em toda a Terra imensa, autoridade além da experiência, a mim isso seria suficiente, pra fazer um relato contundente, das mazelas da vida de casado." Assim se apresenta ao público “A Mulher de Bath”, mulher dos ainda medievais anos 1380, que  já enterrou cinco maridos e, fogosa e cheia de vida, está em busca do sexto. Em celebração aos 40 anos de carreira e 60 de vida de Maitê Proença, e os 80 anos do diretor Amir Haddad, o Teatro RioMar Recife recebe o espetáculo dia 4 de novembro, logo após passagem por Porto Alegre, Fortaleza e Natal. Ingressos estão à venda a partir de R$ 50.

"A Mulher de Bath" é uma mulher libertária, à frente de seu tempo, e não teme dizer o que pensa. Ela é uma das figuras basilares da literatura ocidental, precursora de Shakespeare e do indivíduo moderno. O texto é do escritor e filósofo inglês Geoffrey Chaucer (1343-1400), reconhecido como o pai da literatura inglesa, e faz parte de sua obra inacabada “Os Contos da Cantuária”, publicada pela primeira vez em 1475 e tida como uma das mais importantes da literatura inglesa e um clássico da literatura mundial. A tradução, de José Francisco Botelho, foi indicada ao Prêmio Jabuti e já é considerada uma referência contemporânea na tradução de Chaucer.

Maitê Proença comemora 40 anos de carreira. Foto Matheus José Maria


SINOPSE - Numa taberna qualquer, à beira de uma estrada, em plena Inglaterra medieval, uma mulher experiente, bem humorada e de franqueza desconcertante conta a história de sua vida: seus cinco maridos e a vida sexual, suas paixões, seus rancores e vinganças, seu profundo conhecimento dos homens e da alma humana. Sem poupar a ninguém, nem a si própria, fala das coisas como são, de forma irreverente e direta.

A MONTAGEM – O TEXTO EM VERSOS

Inédito nos palcos brasileiros, o texto conta com tradução de José Francisco Botelho, que buscou inspiração na poesia popular brasileira - do repente nordestino à trova gaúcha - para reviver a exaltação e a grandeza da Idade Média, em versos inspirados no cancioneiro popular e na poesia oral do interior do Brasil. A montagem tem como marca a contemporaneidade do pensamento teatral de Amir Haddad, aproximando o público dos atores de forma direta e sem mistérios. Tudo está à mostra: a preparação da cena, o jogo de luz, a operação do som. A proposta é perseguir a simplicidade e dialogar com todotipo de público. A trilha da peça é operada em cena pelo ator e músico Alessandro Persan, que interage com a atriz e também participa, junto com ela, da movimentação dos objetos e das mudanças de ambientação. Os elementos da cena são rearrumados pelos atores para criar ambientes típicos da época: tabernas, alcovas, igrejas.

Ficha técnica:
Texto: Geoffrey Chaucer
Tradução: José Francisco Botelho
Adaptação: Maitê Proença
Direção: Amir Haddad
Com: Maitê Proença
Participação do ator e músico: Alessandro Persan

Espetáculo em homenagem a Orlando Silva será apresentado quarta-feira (31) no Teatro Barreto Júnior


 
Cia de Dança Ferreiras apresentará o espetáculo “Ah, se tu soubesses”, nesta quarta-feira (31), às 20h, no Teatro Barreto Júnior. A apresentação faz parte do projeto da Prefeitura do Recife Quartas da Dança

O cantor das multidões, Orlando Silva (1915-1978), é o homenageado do espetáculo que será apresentado, nesta quarta-feira (31), às 20h, no Teatro Barreto Júnior. O grupo Cia de Dança Ferreiras vai apresentar o “Ah, se tu soubesses”, com apoio do Quartas da Dança, projeto da Prefeitura do Recife. Esta é a segunda e última apresentação do grupo no local, a primeira, ocorreu na quarta-feira passada (24).

O espetáculo é baseado na trajetória de vida e nas canções interpretadas por Orlando Silva. A fusão de musicalidade e poesia presente nessas canções é o que embala a dança fluida dos bailarinos em cena. A linguagem é contemporânea, mas o espetáculo remete a momentos e sentimentos da carreira do ídolo nacional.

Entre os temas presentes estão: a carreira do artista em rádio, a paixão dos fãs, os amores e ilusões que o cantor viveu, as noites de boemia com os amigos, a malandragem da época, a bebida e a morfina nas situações de sofrimento e, principalmente, os momentos de tributo. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) e serão vendidos na bilheteria do teatro. 


Programação do projeto Quartas da Dança:

Outubro
- Dia 31: Se tu Soubesses, da Cia de Dança Ferreiras

Novembro
- 7 e 14: Dúvido, da Cia Sopro de Zéfiro e Ária Social

SERVIÇO:

Espetáculo Ah, se tu soubesses
Local: Teatro Barreto Júnior
Data: quarta-feira, 31 de outubro de 2018
Informações: 81 3355-6398
Ingressos: R$ 20,00 e  R$ 10,00 (meia) 
Horário: 20h 
(Disponíveis a partir das 17h, no dia do evento, na bilheteria do teatro)

FICHA TÉCNICA

Bailarinos: Brunno Lira, Flávio Henrique, Jadson Mendes, Jaqueline Santos, Julyanne Rocha, kessya Barbosa, Thiago Barbosa e Valéria Barros.
Coreografia: Brunno Lira
Direção: Valéria Barros
Produção: Tony Filho
Figurino: Valéria Barros
Pesquisa de Trilha: Brunno Lira
Ensaiadora: Julyanne Rocha

Chalé.92 promove festa de Halloween nesta quinta-feira (1)


 
Banda Papaninfa / Foto Divulgação

Banda Papaninfa, Rotação 45 e open bar especial estão na programação do evento

O Chalé.92, localizado na Rua das Pernambucanas, bairro das Graças, promove a primeira edição do Halloween. Com data marcada para 1º de novembro, a partir das 20h, o evento dá o start na programação do feriado. Com toda a temática sombria do dia das bruxas, a festa será à fantasia com direito à premiação para a produção mais criativa.

Para embalar a trilha sonora, a banda Rotação 45, anima o público ao som dos hits que marcaram os anos 80. Depois, será a vez da banda Papaninfa, que traz no setlist os clássicos do pop rock, reggae e do rock nacional e internacional. O halloween acontece no esquema open bar de chopp, caipirinha, caipiroska e drinks especiais. Os ingressos custam R$ 150 e estão à venda no Chalé.92 e pelo instagram @chale.92

Serviço:
Chalé.92
Halloween
Quinta-feira, dia 01,  às 20h
Valor: R$ 150
Telefone/Reservas: (81) 9.9765.7109

Arte Plural fecha programação de outubro com show de blues nesta quarta (31)



Guto Santana e Phillippi Oliveira trazem proposta inovadora para projeto Gerações Musicais

Sem ‘amarras’ musicais, surgiu no Recife, há quatro anos, o Duo, grupo que uniu o talento do gaitista/vocalista Guto Santana e o guitarrista Phillippi Oliveira. A proposta inovadora de usar o blues como referência, mas apostando na ausência de limites para a arte, será apresentada na edição de outubro do projeto Gerações Musicais, da Arte Plural Galeria (Rua da Moeda, 140), nesta quarta-feira (31), a partir das 19h. O evento é gratuito.

Além do pocket show com os artistas, ainda está previsto espaço para bate-papo descontraído do público com a dupla. Uma oportunidade de os artistas compartilharem a trajetória profissional, os processos criativos e a forma como dialogam com a cena cultural pernambucana.  A 40ª edição do Gerações Musicais é mediada por Marcos Rosati, curador e coordenador do projeto. 

Serviço:
40ª edição do Gerações Musicais 2018
Com Guto Santana e o Phillippi Oliveira
Data:  31 de outubro (quarta-feira), às 19h
Entrada franca.
Local: Arte Plural Galeria – Rua da Moeda, 140, Bairro do Recife - Recife – PE


Cinema São Luiz: três filmes em cartaz


CINEMA SÃO LUIZ
RUA  DA  AURORA,  175 - BOA  VISTA -
FONE:    81-31843157
saoluiz.recife@gmail.com
www.facebook.com\cinesaoluiz



INGRESSOS: qui-sex-sáb-dom - quarta:INTEIRA: R$ 10,00/MEIA: R$ 5,00
terça:   INTEIRA: R$ 6,00/MEIA: R$ 3,00
SEMANA   01  a  07  de  NOVEMBRO
FILMES  EM  CARTAZ
MARCHA  CEGA

Brasil, 2018, 88min.
Gênero: Documentário
Direção: Gabriel Di Giacomo
Classificação  Etária:12 anos

Sinopse:    Marcha Cega retrata a violenta repressão policial nas manifestações em São Paulo, que transformou as ruas da cidade em verdadeiros campos de batalha, deixando jornalistas cegos, estudantes feridos e dezenas de presos políticos. Essa marcha violenta segue sem enxergarmos as profundas raízes ocultas pela densa neblina do gás lacrimogênio.

DIAS E HORÁRIOS: quinta:15h50/ sexta:19h30/ sábado:15h30

UM DIA

Egy Nap, Hungria, 2018, 99min
Gênero:   Drama
Direção:  Zsófia Szilágyi.
Elenco:       Zsófia SzamosiLeo FürediAmbrus Barcza
Classificação  Etária:12 anos

Sinopse:    Anna é mãe de três filhos, casada e trabalhadora. Sempre correndo contra o tempo para conseguir cumprir todos os seus prazos e promessas, Anna sente que seu casamento está desmoronando. Sem conseguir conciliar tudo, ela prevê o que está prestes a acontecer, sem poder fazer nada a respeito.

DIAS E HORÁRIOS: quinta 17h35/ sexta:15h20/  sábado / domingo17h35


UMA NOITE DE 12 ANOS

La Noche de 12 Años, Uruguai, Espanha, Argentina, 2017, 122min
Gênero:     Drama/Biografia
Direção:    Alvaro Brechner

Classificação  Etária:14 anos

Sinopse: Uma verdadeira jornada de sobrevivência foi enfrentada por José Mujica (Antonio de la Torre), presidente do Uruguai, Mauricio Rosencof (Chino Darín), jornalista e escritor, e Eleuterio Fernández Huidobro (Alfonso Tort), ex-ministro da Defesa, que, juntos, passaram por situações de extrema tortura física e psicológica, experimentos secretos e privações, durante o período ditatorial no Uruguai. 

DIAS E HORÁRIOS: quinta 19h30/ sexta 17h15/ sábado 17h15/ domingo15h20 – 19h30


Hoje (31) tem Banda Sinfônica do Recife celebrando 60 anos de atividade




Foto: Wesley D'Almeida

Apresentação, oferecida pela Prefeitura do Recife, será às 20h, no Teatro de Santa Isabel. Para assistir, basta retirar o ingresso na bilheteria, a partir das 19h

Nesta quarta-feira (31), a Banda Sinfônica do Recife celebra 60 anos de atividades com um concerto gratuito e aberto ao público, no Teatro de Santa Isabel.  A apresentação, oferecida pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife, começa às 20h, no Teatro de Santa Isabel. Os ingressos serão distribuídos, na bilheteria do teatro, a partir das 19h.

O repertório preparado pelo maestro Nenéu Liberalquino para o concerto festivo será inspirado como sempre e destacará três solistas entre os 70 componentes da Banda. Vai também render uma homenagem a Weydson Fernandes Lins, músico e integrante da Banda recém-falecido. A cereja do bolo de 60 anos será uma composição inédita de Nenéu, especialmente criada para a ocasião.
Para o final do concerto, o maestro Nenéu Liberalquino reservou uma surpresa: Tributo à BSR, música e arranjo compostos por ele, em homenagem às seis décadas de atividades da Banda Sinfônica do Recife. “Esse aniversário celebra, dentre tantas coisas, a total cumplicidade entre nós: regente, músicos e público”, celebra, desde já, Nenéu.
Banda Sinfônica do Recife - Fundada no dia 7 de outubro de 1958, a Banda Sinfônica do Recife, que começou com um efetivo de 34 músicos, apresentou-se pela primeira vez no dia 24 de dezembro daquele mesmo ano, no Sítio Trindade.  Nestas seis décadas de atividades, já teve grandes músicos como regentes, como Geraldo Menucci, o primeiro, Lourival Oliveira, Antônio Albuquerque, Luiz Caetano, José Genuíno, Júlio Rocha, Ademir Araújo, Edson Rodrigues, Ricardo Normando e Maestro Duda. Atualmente, a Banda conta com 70 músicos e está, desde 2002, sob a regência do aclamado maestro Nenéu Liberalquino.

Serviço:
60 anos da Banda Sinfônica do Recife
quarta-feira, dia 31, às 20h
Teatro de Santa Isabel
Gratuito: Ingressos serão distribuídos, na bilheteria do teatro, a partir das 19h



terça-feira, 30 de outubro de 2018

Recital Boca No Trombone hoje no Alto do Pereirinha


Alto do Pereirinha, faz pré-seleção de Batalha poética

A batalha começa hoje. O pessoal do Boca no Trombone se reúne hoje, a partir das 19hs, no Alto do Pereirinha, para a pré-seleção de mais uma batalha de poesia. A poesia assume outros ares e traz  uma mistura de suas duras realidades, anseios, medos e vivências; o que transforma o recital numa troca de experiências. Cada jovem, negro, periférico e marginal (à margem da sociedade) se encontrando para problematizar as suas duras realidades sociais mas através da arte poética.

Hoje tem pré-seletiva da Edição do Trombone. Tudo começa às 19hs. Para quem não sabe toda terça a Praça do Pereirinha no bairro de Água Fria ZN Recife é movimentada pelo Recital Boca No Trombone. Intervenção jovem de arte e resistência.