terça-feira, 15 de agosto de 2017

Jussara Silveira revisita carreira no projeto Samba de Bamba no dia 22

A baiana Jussara Silveira é a atração de agosto do projeto Samba de Bamba. Terça-feira (22), no Teatro da Caixa Cultural Recife, ela apresenta o show “A Ordem é Samba”, pensado especialmente para a ocasião, no qual revisita sua carreira iniciada nos anos 1990. A artista, considerada por Gal Costa uma das três melhores cantoras do País e definida por Arnaldo Antunes como intérprete de “densidade emocional extrema, que não deságua em dramaticidade”, pegou o título para este show emprestado da música de Jackson do Pandeiro para compor um roteiro esmerado, em que a graça e a leveza do samba se ajustam a letras e melodias significativas e harmonias apuradas. Jussara, que já no primeiro de seus 11 discos foi agraciada com o Prêmio Copene/1995 (atual Brasken), será acompanhada por dois grandes músicos: o percussionista e baterista Marcelo Costa, produtor de três dos seus álbuns, e Muri Costa, violonista e mestre em arranjos vocais. Os ingressos têm preços populares: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Durante o apresentação, serão projetadas imagens da Bahia dos anos 50, registradas pelo cineasta Alexandre Robatto. Jussara Silveira conta que a escolha do repertório foi feita a partir de sua própria discografia - sambas que gravou ao longo da carreira ou cantou em shows. Estarão lá de Assis Valente a jovens compositores, como Tiganá Santana, Moreno Veloso, J. Velloso e Paquito, passando por Roque Ferreira, Batatinha e Dorival Caymmi, com destaque para o samba “Lá Vem a Baiana”, gravado por ela no premiado álbum “Canções de Caymmi”, que faz parte da trilha hollywoodiana do filme “The Break-Up” (“Separados pelo Casamento”) - com Jennifer Aniston e Vince Vaughn, pontuando a relação amorosa daquela comédia romântica.

O espetáculo “Estesia: Arte e Tecnologia no palco” estreia nesta quinta-feira

Foto: Divulgação
O espetáculo “Estesia: Arte e Tecnologia no palco” estreia nesta quinta-feira (17), na galeria de Artes Digitais do Portomídia, com direito a um bate-papo sobre as novas pontes e conexões entre arte, tecnologia e produção cultural. Os integrantes da produção – Carlos Filho, Cleison Ramos, Miguel Mendes e Tomás Brandão – recebem Sofia Freire, Batebit e Gutie, e debatem sobre como essa junção tem mudado o mercado da indústria criativa. A entrada para o público custa R$ 15, através de compra pelo site https://www.sympla.com.br/estesia.

No primeiro momento, o quarteto interage com os convidados, que utilizam a junção arte e tecnologia nas suas áreas de atuação. A cantora, compositora e pianista recifense Sofia Freire, vencedora do 7º Prêmio de Música de Pernambuco, mistura música eletrônica e erudita em suas canções. João Tragtenberg e Filipe Calegario, do Batebit, falam sobre a importância da tecnologia na criação de novos instrumentos digitais. Fechando o time de convidados, o jornalista, produtor cultural e diretor do Festival Rec-Beat, Antonio Gutierrez (Gutie), aponta o uso de tecnologia nas produções culturais.

Club Nox volta em novo formato

Kyau & Albert | Foto: Divulgação
Maior símbolo eletrônico da última década no Recife, o Club Nox volta em novo formato neste sábado (19) no Itaipava 14, Bairro do Recife. Para a estreia, trazem o duo alemão, Kyau & Albert, uma força no mercado local que vinha apostando apenas nas atrações nacionais - este nicho será representado no line up com a presença do DJ Vokker, discípulo do brazilian bass do DJ Alok. Completam a noite: Léo B, Romero B, Caverna, Ilino e ainda Bruno V ao lado de V2. Começa às 22h. Os ingressos custam R$ 150 com open bar (uísque, vodca, cerveja, drinks, refrigerantes e água).

Pela primeira vez o Itaipava Catorze irá apresentar seu layout flexível e vai transformar-se em um "super club". O termo super é usado para definir boates para mais de duas mil pessoas, como acontece em na Amnesia, em Ibiza, e e Hakkasan, em Las Vegas. A parafernália contará com painel de LED de 90m, som quadrifônico da marca espanhola DAS e projeto luminotécnico feito pelo arquiteto Rodrigo Ilino. Três profissionais estarão exclusivamente na operação da iluminação.

Juliano Holanda faz show gratuito no Edf. Texas

Desde julho o Edf. Texas vem promovendo seu novo projeto, o No Texas. Com uma programação que já levou duas bandas para o terceiro andar do espaço cultural, nesta quinta-feira (17), às 21h, o projeto recebe o show do músico Juliano Holanda. Já passaram pelo palco do edifício a cantora Aninha Martins e o Projeto Sal. Depois de Juliano a programação segue com as bandas Desalma, Rua e Bongar, até setembro.

A ideia é garantir uma ampla acessibilidade aos eventos que acontecem duas vezes por mês, gratuitamente - apenas com retirada de ingresso duas horas antes do início do show, promovendo -, divulgando e incentivando a cena musical independente de Pernambuco.

Espetáculo Diário de Um Louco no próximo dia 27

Foto: Divulgação
Diário de um Louco narra as peripécias de um funcionário público, Antonino Barnabé, em seus delírios e devaneios apaixonados pela filha do diretor de sua repartição entre outros acontecimentos, até a perda da razão. Montagem do Grupo Haja Teatro com encenação do ator Normando Roberto Santos (também responsável pela direção, concepção cênica, trilha sonora e figurino). Direção Artística: Edinaldo Ribeiro.

O espetáculo, com texto do autor ucraniano, Nikolai Vasilievich Gogol (1809 – 1852), adaptação Rubem Rocha Filho, fará apresentação no dia 27 de agosto Teatro Barreto Júnior, domingo, às 19 horas, com ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

 *Da Assessoria de Comunicação

Serviço:

Diário de Um Louco, pelo Grupo Haja Teatro.
Quando: 27 de agosto, domingo às 19 horas.
Onde: Teatro Barreto Júnior (Rua Estudante Jeremias Bastos, s/n.º - Pina)
Classificação: 12 anos
Telefone: 99979-5645
normandoroberto@hotmail.com

Ciel Santos estreia projeto “Enraizado”

Foto: Diego Cruz 
Show com temática relacionada a diversidade do ser humano fará minitemporada no espaço O Poste 

As reflexões em torno da diversidade humana são a matéria prima do espetáculo criado e encenado pelo cantor, ator, bailarino e compositor pernambucano Ciel Santos que estreia neste fim de semana no espaço O Poste. “Mulher? Homem? Viado? Sapatão? Humanos. Somos humanos. Germinamos todos os dias para o novo, criamos raízes e reconstruímos e desconstruímos nosso ser. Concorda?”. A busca por respostas para essas perguntas fizeram surgir os dois atos do projeto "Enraizado" que terá apresentações nos dias 20 e 27 de agosto e 3 de setembro, sempre a partir das 17h.

“Eu vinha compondo coisas novas já tinha um tempo, aí quando me dei conta percebi que já estava com um material que dava um espetáculo. Então decidi levar o projeto a frente”, conta Ciel. O espetáculo conta com 16 músicas, sendo maioria autorais e compostas exclusivamente para a montagem. Para criar uma narrativa dramático-musical, o artista mescla músicas e textos que conversam entre si. O público pode esperar uma apresentação performática com um mix de música, dança e poesia.

Trama: Seminário de Inovação e Economia Criativa no Universo da Moda discute design, empreendedorismo e inovação

Voltado ao desenvolvimento e modernização do setor de moda, acontece no Recife, de 17 a 22 de agosto, o primeiro seminário Trama. Com incentivo do Funcultura, o evento surge para  ampliar o debate sobre novos processos na confecção de roupas e de design de produtos. Com o crescimento de marcas de moda no Nordeste e mais especificamente no Recife, os agentes culturais viram a necessidade de espaços que possam debater e trocar conhecimento para fortalecer este mercado em ascensão para a promoção e desenvolvimento de novas oportunidades econômicas, sociais e culturais. 

Este será um encontro para a promoção de debates e o desenvolvimento de ações que promovam a qualificação dos profissionais que atuam neste setor na cidade do Recife bem como, o desenvolvimento deste segmento no estado de Pernambuco. A programação conta com três workshops com inscrições pagas e mais seis mesas de debates com entrada gratuita. 

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Exposição fotográfica sobre agricultura familiar e agroecologia em Pernambuco

Foto: Divulgação
A vida dos agricultores do Semiárido e da Zona da Mata pernambucana entra em cartaz no Museu Murillo La Greca, equipamento cultural da Prefeitura do Recife, nesta terça-feira (15), quando estreia a exposição gratuita Uma Deliciosa Teimosia em Ser Feliz, do fotógrafo e documentarista carioca João Roberto Ripper.

Ao todo, serão expostas 20 fotos, que são fruto do trabalho realizado pela organização Centro Sabiá, que semeia novas práticas de produção no solo árido da Zona da Mata, do Agreste e do Sertão de Pernambuco. Durante todo o tempo em que andou pelo interior, acompanhando esse trabalho, o fotógrafo registrou as dinâmicas da agricultura familiar, experiências de convivência com o meio ambiente e práticas de agroecologia. A curadoria da mostra é de Luciana Dantas e o design, de Alberto Saulo Lima.