Cais do Sertão convida o Centro Cultural Quilombo Catucá para refletir sobre corpo e ancestralidade em live

FOTOS: Acervo Pessoal/Coco de Catucá


Faixa semanal Papo de Museu será nesta quarta (11), às 15h, no Instagram @caisdosertao


Recife, 10 de novembro de 2020 - Em mais uma semana promovendo a interlocução entre as vivências das instituições culturais do Estado, o Cais do Sertão recebe, nesta quarta (11), a coordenadora do Centro Cultural Quilombo de Catucá, Moabia Ferreira dos Anjos, para bate-papo na faixa semanal Papo de Museu. A live será transmitida via perfil do Instagram do Museu (@caisdosertao) a partir das 15h. 


Nesta semana, o quadro semanal será mediado pelo músico-educador  do Cais, Diogo do Monte, e terá como mote a exaltação e o debate acerca da história e cultura afro-brasileira, a corporeidade africana, a roda de coco e religiões de matriz africana - que são foco do campo de atuação do centro de cultura, situado no bairro de Viana, em Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife. 


“Esta transmissão ao vivo surge como oportunidade também para esmiuçar o corpo e a ancestralidade. A roda de coco é considerada instrumento de memória e educação pretagógica, ou seja, exalta outras formas de aprendizados e contribuições educativas, tanto comunitária quanto institucional. O corpo torna-se ferramenta de reflexão e troca de saberes no diálogo, cultura e educação”, analisa Moabia.


Há sete anos na ativa, o espaço cultural está hoje sob a liderança de Elaine Albuquerque e Deybson Henrique, em memória ao legado da yalorixá mãe Flávia de Iansã, criadora da casa. O centro tem como missão preservar a memória ancestral de povos africanos e indígenas, além de promover atividades identitárias e culturais na comunidade. 


O Catucá abriga, além das ações afirmativas e educativas, o terreiro Ilê Axé Oyá T'Ogum e a biblioteca comunitária, responsável por promover para a comunidade aulas preparatórias para o Enem. A casa também enaltece os movimentos artísticos do Maracatu Nação Cabeça de Nego, o Coco de Catucá e a tradicional capoeira, ministrada pelo Mestre Maureliano Ribeiro.


Sobre o Centro Quilombo de Catucá:


Atividades relacionadas aos campos da arte, música, dança e cidadania são desenvolvidas no Centro Cultural Quilombo do Catucá, localizado no bairro do Viana, em Camaragibe. Também são promovidos  cursos, oficinas e aulas gratuitas para a  comunidade, além de, mensalmente, todos os primeiros sábados serem realizados a Sambada Cultural do Catucá, encontro que reúne grupos e comunidades culturais do estado. 


Ao longo dos anos, o Centro fez diversas parcerias e participações em eventos de cultura e educação, firmando articulações e redes com diversas entidades governamentais e civis, entre elas Ministério da Cultura (Minc), Ministério da Educação-MEC, SESC-PE, Fundação Joaquim Nabuco- Fundaj, Universidade Federal de Pernambuco - UFPE, Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE, Universidade de Pernambuco - UPE, trabalhando sob o aspecto da educação popular, formação e valorização de ações culturais para a população negra e outros em situação de vulnerabilidade social. Dessa forma, o Catucá vem contribuindo para o desenvolvimento social como parte da agenda estadual de ações políticas. 


SERVIÇO

Papo de Museu com o Centro Cultural Quilombo de Catucá

Quando: quarta-feira, 11 de novembro

horário: 15h

Onde: ao vivo no Instagram @caisdosertao

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACÚSTICO IMAGINAR

“CONFISSÕES URBANAS” UM EXPERIMENTO CÊNICO DIGITAL

FESTIVAL DE TEATRO DE IGARASSU ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS