5º Torneio Virtual de Ciência encerra nesta sexta (18)

 


 

Uma transmissão ao vivo pelo canal do Espaço Ciência (Espaço CiênciaPE) no Youtube marca o encerramento do 5º Torneio Virtual de Ciência nesta sexta (18), às 10:30h. Com participação do secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado, Lucas Ramos, o evento anuncia os três primeiros colocados de cada série e de cada região do estado na disputa promovida ao longo do ano. 

Organizado pelo Espaço Ciência, o Torneio propõe desafios mensais, que são resolvidos pelos estudantes, transformados em vídeos e compartilhados nas redes sociais. Apesar da pandemia, a competição envolveu cerca de 60 equipes de todas as regiões do estado em cada desafio, com destaque para o Sertão pernambucano. Cerca de 300 vídeos foram produzidos pelos estudantes ao longo do ano, gerando milhares de acessos, visualizações e compartilhamentos nas redes sociais. 

Este ano, por conta da pandemia de Covid-19, o Torneio foi interrompido em março para ser retomado no mês de junho. Ao invés dos tradicionais sete desafios, foram apenas cinco. Os estudantes pesquisaram as mudanças ambientais sofridas em um local de sua região; investigaram contribuições de mulheres cientistas; propuseram experimentos interdisciplinares; experimentaram plataformas digitais para divulgação da Astronomia; refizeram o experimento de Eratóstenes para comprovar que a Terra não é plana. 

Cada desafio foi mostrado em vídeo de forma criativa, com uso de teatro, poesia e recursos de vídeo. Estes vídeos eram postados no Youtube dos participantes, e na Fanpage e Instagram do Torneio, gerando milhares de visualizações, compartilhamentos e interações nas redes sociais. 

Para o diretor do Espaço Ciência, Antonio Carlos Pavão, o TVC é uma competição com algumas características especiais: “É uma disputa coletiva, que envolve a sala inteira e, geralmente, toda uma comunidade escolar. É um processo contínuo, com desafios que instigam a experimentação e a descoberta da Ciência na resolução de problemas cotidianos. Por fim, é uma competição que permite a participação de escolas das mais diversas regiões, urbanas e rurais”, afirma Pavão. 

Entre as escolas participantes, destaque-se, na Região Metropolitana, a Escola Municipal José Rodovalho, em Jaboatão; na Zona da Mata, as Escolas Dr. João Alfredo, em Goiana; e Mariana Ferreira Lima, em Timbaúba; no Agreste, a ETE Ministro Fernando Lyra, de Caruaru; e, no Sertão, as EREM Dário Gomes de Lima, em Flores, e Dr. Walmy Campos Bezerra, em São José do Belmonte. “Mas todas estão de parabéns! Mesmo com a pandemia, tivemos quase 60 equipes participando de cada desafio. Os alunos e professores tiveram que se reinventar e descobrir estratégias de continuar fazendo Ciência em tempos de aulas remotas”, avalia Arthur Lima, da Coordenação do Torneio.

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zé Cafofinho lança TIRO DA ALMA, projeto inédito contemplado pela Aldir Blanc

COLETIVO CINERUAPE ESTREIA PODCAST NESTE SÁBADO (23)

Shopping Patteo Olinda recebe exposição de veículos em miniatura