Produtora pernambucana abre inscrições para cursos em Artes Cênicas

 

 

Foto Rogério Wanderley

Através da Lei Aldir Blanc em Pernambuco, coletivo se firma oficialmente e lança duas formações gratuitas em janeiro, de modo a capacitar artistas remotamente durante o isolamento social

 

A Noz Produz, produtora cultural independente em Pernambuco, abriu neste dezembro de 2020 inscrições para duas oficinas virtuais – uma sobre Iluminação Cênica, com Rogério Wanderley; e outra sobre Teatro de Bonecos, com Álcio Lins. Os cursos são gratuitos, com incentivo da Lei Aldir Blanc, e acontecem virtualmente durante janeiro de 2021. As inscrições podem ser feitas em formulários disponíveis no Instagram da produtora, @nozproduz. 

Na oficina "Iluminação Cênica: Dramaturgia da Luz e seus Conceitos Técnicos", o ator, iluminador e professor pernambucano Rogério Wanderley compartilha virtualmente vasto conhecimento na área. Serão 16 encontros em tempo real entre 11 de janeiro e 22 de fevereiro, das 20h às 21h30, pela plataforma Google Meet. Rogério é integrante da Cênicas Cia. de Repertório e assinou iluminação de espetáculos como Baba Yaga, O Auto da Compadecida e Cicatriz. 

Oficina de bonecos com Alcio Lins 
São 30 vagas disponíveis a profissionais ou iniciantes que queiram se aprofundar em histórico, conceitos, técnicas e pormenores do ofício do iluminador cênico, capacitando mão de obra para iluminar espetáculos sob a ótica da dramaturgia cênica. As inscrições estão abertas desde 23 de dezembro e podem ser feitas até a próxima segunda-feira, 04 de janeiro. 


Outra oportunidade de formação disponível é a oficina "Teatro de Bonecos: História, Anatomias e Tipos Cênicos", com o ator, diretor e artista plástico alagoano Álcio Lins. Em 5 encontros virtuais entre 18 e 22 de janeiro, 30 alunos serão convocados a mergulhar nesse segmento das Artes Cênicas. Ao longo de sua trajetória, Álcio assinou trabalhos como os bonecos do Baile do Menino Deus e da 1ª temporada do Cantarolando com Carol Levy.

As aulas abordarão o surgimento desse tipo de teatro e como os participantes podem modelar, customizar e manipular seus próprios bonecos para cena. Após as explanações, haverá momento de tira-dúvidas com o professor. A proposta é perpetuar a tradição do teatro de bonecos, que é forte principalmente no Nordeste. As inscrições vão desta quarta-feira, 30 de dezembro, até 11 de janeiro.

 

O PODER DO COLETIVO – Em tempos difíceis para os trabalhadores da arte, especialmente as Artes Cênicas, um grupo de artistas pernambucanos se juntou em 2018 para dar vida a um espetáculo do pernambucano Rogério Wanderley. O ator e iluminador havia escrito na época o monólogo “Pasu – Caminho das Dúvidas”, que ganhou vida pela equipe e circulou até 2019 por Recife, Caruaru, Goiana e Jaboatão dos Guararapes.

 

Ali surgiu o embrião da Noz Produz, oficialmente lançada neste fim de 2020 com a aprovação de 4 projetos na Lei Aldir Blanc em Pernambuco. Além das duas formações artísticas, haverá também duas obras audiovisuais – a websérie (In)Cômodos, baseado em contos da literatura mundial; e o espetáculo virtual “Loré”, de autoria de Plínio Maciel. Os espetáculos encontram-se em fase de produção e têm previsão de estreia em março de 2021.

 

“Somos um grupo de artistas que acredita em boas ideias e na arte como uma proposta de transformar o mundo. Nosso intuito é seguir produzindo nossos trabalhos e oferecer a Pernambuco uma nova opção de produção em Artes Cênicas, criativa e inovadora”, comenta Rogério Wanderley. Mais informações sobre as oficinas pelo e-mail nozproduz@gmail.com ou pelo WhatsApp (81) 98103-5568.

 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACÚSTICO IMAGINAR

“CONFISSÕES URBANAS” UM EXPERIMENTO CÊNICO DIGITAL

FESTIVAL DE TEATRO DE IGARASSU ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS