Exposição fotográfica marca conclusão da primeira etapa do Parque Capibaribe

 

 

Exposição / Foto Tárcio Fonseca

Mostra que já passou pelo Parque Santana chega nesta segunda-feira, dia 14, na Praça Otávio de Freitas, e ainda vai percorrer o parque da Jaqueira e o Jardim do Baobá. 

Após sete anos do início das pesquisas, consultas públicas, formatação de diretrizes e entrega dos primeiros espaços às margens do rio para a população, o Parque Capibaribe termina 2020 com uma exposição que ao mesmo tempo celebra a conclusão de sua primeira etapa e o início de um novo momento para o projeto. Entre os dias 10 e 28 de dezembro, uma mostra itinerante de imagens vem percorrendo os parques da Jaqueira e Santana, Praça Otávio de Freitas, no Derby, e o Jardim do Baobá, nas Graças. 

Montada em uma instalação de metal e cabos de aço, fotos e textos vão contar um pouco destes primeiros anos do projeto em um registro de fauna, flora e paisagens do Rio Capibaribe, reforçando e reativando nossa relação com o rio que corta o Recife. A exposição carrega consigo o mesmo nome do recém-lançado “Parque Capibaribe: A Reinvenção do Recife Cidade Parque”, livro produzido pela Prefeitura do Recife em parceria com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), através de convênio com o INCITI - Pesquisa e Inovação para as Cidades, que narra a origem e as diretrizes que construíram o projeto Parque Capibaribe. A publicação está disponível para download gratuito no site http://parquecapibaribe.org.

“A Reinvenção do Recife Cidade Parque" é um verdadeiro tratado sobre a visão de futuro e o impacto urbanístico que o Parque Capibaribe traz para a cidade ao promover, nas próximas duas décadas, o reencontro e a reestruturação do Recife ao redor das margens do rio. Em cerca de 30 fotos e alguns trechos retirados deste livro, a exposição introduz este conteúdo produzido por mais de 300 pesquisadores e grande número de colaboradores que prototiparam uma alternativa de futuro olhando para 2037, ano em que se comemora os 500 anos do Recife. 

A instalação estará disponível para visitação durante os horários normais de funcionamento do Parque da Jaqueira e Santana, além da Praça Otávio de Freitas e do Jardim do Baobá. A mostra fica do dia 10 a 13 de dezembro no Parque Santana, de 14 a 17 na Praça Otávio de Freitas, de 18 a 22 no Parque da Jaqueira e de 23 a 28 no Jardim do Baobá. 

Sorteio: Durante os dias da exposição, entre 10 e 28 de dezembro, todos que postarem fotos ou vídeos no Instagram mostrando paisagens, selfies ou detalhes do rio e margens do Capibaribe utilizando a hashtag #ParqueCapibaribe vão concorrer a dez exemplares físicos do livro “Parque Capibaribe: A Reinvenção do Recife Cidade Parque”. O sorteio será realizado no fim do mês, lembrando que para concorrer o usuário deve manter o perfil da rede social aberto no período.

Serviço:

Exposição itinerante “Parque Capibaribe: A Reinvenção do Recife Cidade Parque”
Parque Santana: 10 a 13 de dezembro
Praça Otávio de Freitas: 14 a 17 de dezembro
Parque da Jaqueira: 18 a 22 de dezembro
Jardim do Baobá: 23 a 28 de dezembro
Gratuita

Site do Parque Capibaribe: http://parquecapibaribe.org/

Link para download do livro “Parque Capibaribe: A Reinvenção do Recife Cidade Parque”: https://bit.ly/recifecidadeparque

 

Parque Capibaribe:

O Parque Capibaribe prevê um sistema de parques integrados ao longo das duas margens do rio Capibaribe no Recife, totalizando 30 km de áreas reativadas para o uso da população e de preservação ambiental. O projeto urbanístico busca reconectar os recifenses às águas e margens do rio, resgatando a bacia hidrográfica como espinha dorsal do Recife através de espaços de lazer, descanso e bem estar.

A iniciativa também vai interligar diversas áreas da cidade e efetivar uma forma mais fácil e segura de se deslocar para pedestres e ciclistas. A base conceitual e teórica do projeto foi desenvolvida por meio de um convênio entre a Prefeitura do Recife e a UFPE, através da rede de pesquisadores do INCITI - Pesquisa e Inovação para as Cidades.

O Jardim do Baobá, situado no bairro das Graças, e a Praça Otávio de Freitas, no Derby, são áreas já constituídas do Parque Capibaribe.

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

“CONFISSÕES URBANAS” UM EXPERIMENTO CÊNICO DIGITAL

FESTIVAL DE TEATRO DE IGARASSU ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS

ACÚSTICO IMAGINAR