43º Panela de Iemanjá celebra o sincretismo religioso no Recife

 

Foto reprodução da internet

 

O dia 8 de dezembro que marca a devoção de milhares de fiéis a Nossa Senhora da Conceição também é dedicado à mais cultuada dos orixás, Iemanjá. Nesta terça-feira(8), os adeptos das religiões de matriz africana celebram a Panela de Iemanjá que este ano chega a 43º edição.

 

A festividade terá início às 19h com o toque a Iemanjá, que será comandado pelo pai de santo Josemar Salvador, na Tenda Espírita José Maria José, localizado na Avenida Encanta Moça, localizado no bairro do Pina.

 

Logo após a celebração, serão colocados na praia do Pina, as panelas com oferendas a Iemanjá. É importante lembrar que a cerimônia obedece os protocolos de segurança da Covid-19.

 

 

Sincretismo – O sincretismo religioso é caracterizado por uma fusão de duas ou mais culturas distintas. No Brasil, desde da época do descobrimento o sincretismo é entendido como uma complexa reorganização das culturas africanas, europeias e ameríndias e tida como uma forma de resistência das culturas.

A partir das misturas das culturas, religiões trazidas do continente africano associam Maria a diferentes orixás. Na Bahia e em Sergipe, por exemplo, Maria é associada a Oxum, senhora das águas doces, dos rios e do amor.  Já em Pernambuco e São Paulo, Nossa Senhora da Conceição é associada a Iemanjá, entidade das águas, fertilidade, maternidade, representada como sereia e sempre trajando vestimentas na cor azul.

 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zé Cafofinho lança TIRO DA ALMA, projeto inédito contemplado pela Aldir Blanc

COLETIVO CINERUAPE ESTREIA PODCAST NESTE SÁBADO (23)

Shopping Patteo Olinda recebe exposição de veículos em miniatura