Projeto Sax in Funk é lançado neste sábado


Romualdo Abreu faz lançamento  no Seu Visconde
foto de Rafael Oliveira (projeto dois)

Sax  e Funk na mesma batida. Essa é a proposta do novo projeto da  Aloha Promo! comandado pelo saxofonista Romualdo Abreu, conhecido por agitar festas e eventos com mixagens, unindo o eletrônico com o instrumento de sopro, carrega em sua bagagem 25 anos de uma relação de amor com a música. O projeto será apresentado neste sábado (7), no Seu Visconde.

O Sax in Funk promete fazer um mix de grandes sucessos do funk ao som do sax, com as dançarinas Ingryd Muniz e Hadassa Carvalho em um clima totalmente inovador. Foi da admiração pela música eletrônica e o Sax que Romualdo decidiu atuar em carreira solo, em 2009. Engana-se quem pensa que as mixagens ocorre exclusivamente com a música eletrônica, o artista vem para mostrar toda a versatilidade do sax nos principais hits de funk da atualidade. No repertório, músicas de Shevchenko e Elloco, Dennis DJ, Niack, Troinha, entre outros.

SOBRE ROMUALDO - Com 25 anos de carreira, Romualdo começou sua vida artística como saxofonista do cantor, compositor e arranjador pernambucano Marron Brasileiro. Com o passar dos anos, o músico gravou com várias bandas do Recife, com passagem pelos bregas e pagodes pernambucanos. Entre os artistas que gravou como Saxofonista, estão com o cantor Alex Cohen, o forrozeiro Aduílio Mendes, Márcia Sampaio, além dos bregas românticos que embalaram uma geração como Carta de baralho, Banda Brega.com, Overdose, entre outros. O músico também gravou com o Pe. João Carlos, da Som Livre e o cantor Marcos Antônio. 

Em 2009, o músico decidiu virar a chave e investir na carreira como DJ, sem deixar de lado seu primeiro amor: O Sax. “Eu era chamado para gravação de diversas bandas do Estado, foi quando a ficha caiu e comecei a criar projetos. Em uma festa eu me ofereci para ser DJ de graça e deu certo. Me apaixonei pela música eletrônica e pelo poder que o DJ tem de animar uma festa. E foi onde tudo começou”, explica. “Eu agreguei o saxofone com a música eletrônica e estou aqui, fazendo música da forma como mais gosto: animando as festas da cidade, desde casamentos até grandes eventos como camarotes no Galo da Madrugada”, conclui.

Romualdo tem como inspiração nomes como o francês David Guetta, o escocês Calvin Harris, Solomun, DJ bósnio-alemão, além de Carl Cox, DJ britânico e produtor de house e techno e os saxofonistas Milton Guedes, Liudinho e o Maestro Spok. “Minha maior influência com música eletrônica foi, sem dúvidas, O Carl Cox conhecido, como DJ de House, um dos principais da cena eletrônica”, explica. Mas sua maior referência musical está bem próximo, no Brasil, e Romualdo já teve a oportunidade de estar frente a frente com seu ídolo, Leo Gandelman, saxofonista, flautista, compositor, arranjador e produtor musical brasileiro. “Léo foi minha grande inspiração como artista, minha referência. Lembro que ainda estudava no Centro Profissionalizante de Criatividade Musical do Recife e ele foi ministrar um workshop, então pude acompanhar de perto uma apresentação dele no Teatro do Parque. Foi a melhor experiência da minha vida”, 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACÚSTICO IMAGINAR

“CONFISSÕES URBANAS” UM EXPERIMENTO CÊNICO DIGITAL

FESTIVAL DE TEATRO DE IGARASSU ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS