Circuito se despede nesta sexta-feira 13 com destaque para a literatura fantástica

 

 

Escritor, roteirista e dramaturgo André Vianco

No último dia da terceira etapa do evento este ano, a Cepe lança Não me empurre para os perdidos

 

O ponto alto do último dia do Circuito Cultural Digital de Pernambuco será o lançamento da Cepe Editora Não me empurre para os perdidos,  de Maurício Melo Júnior. A live será nesta sexta-feira 13, às 19h, com mediação da jornalista e crítica literária Gianni Paula de Melo. A programação do dia abrange ainda uma variedade de temas: das atividades infantis a lives sobre xilogravura e cordel. O evento é uma realização da Companhia Editora de Pernambuco (Cepe), com curadoria da Fundação Gilberto Freyre. A última edição do ano será de 8 a 11 de dezembro. 

A narrativa de Maurício Melo Júnior se passa em Pernambuco, na década de 1920. Qualquer recifense ligado em sua própria história reconhece lugares e fatos icônicos do período, enriquecido por supostos diálogos do protagonista da trama, o escritor F., com intelectuais da época. Provavelmente a misteriosa identidade de F. é uma referência ao escritor tcheco Franz Kafka. 

Na agenda, a literatura fantástica também ganha força com a participação do escritor, roteirista e dramaturgo André Vianco. O convidado é considerado um dos mais renomados autores do gênero no Brasil. A live “Fantasia e terror à brasileira”, com o autor do best-seller Os sete, será às 17h, mediada pelo jornalista Renato Mota. 

Neste bate-papo André falará sobre sua trajetória, como elabora seus personagens e cria as narrativas de suas histórias fantásticas, de terror e suspense. 

 Nireuda Longobardi

Mas os destaques do dia começam logo pela manhã, às 11h, com bate-papo sobre Xilogravura e cordel, o encontro da rima com o entalhe. Desta discussão participarão a poeta e ilustradora de livros infantis e juvenis Nireuda Longobardi, e o poeta e cordelista Marcelo Soares. 

De acordo com a mediadora, Érica Montenegro, poeta e mestra em ciências da linguagem, a conversa terá como eixo a relação do poema com a xilogravura e os espaços em que a xilogravura se coloca hoje, além do cordel. Também estará na pauta do encontro a substituição de alguns tipos de xilogravuras pelas formas digitais, assim como a saída dos artistas do Nordeste para outros Estados. 

Às 15h, a gestora do Espaço Pasárgada, Marília Mendes, conversará com a escritora e militante feminista Mariana Félix e Akapoeta, que publica seus versos no instagram e tem mais de 1 milhão de seguidores. O título instigante da live promete: A poesia das coisas. A mediadora fará associações com poetas que têm o poder de extrair poesia das coisas, sobretudo as mais simples, como João Cabral de Melo Neto, Manuel Bandeira e Manoel de Barros.

 SERVIÇO 

O conteúdo das lives poderá ser acessado no Portal do Circuito: www.circuitoculturaldepernambuco.com.br. Confira a programação desta sexta-feira, último dia do evento: 

Dia 13.11 – Sexta-feira 

 8h30 – Ler, muito prazer! 

Exibição de vídeos de experiências de leitura de crianças na primeira e segunda infância

 9h – Senta, que lá vem história!

Contação de história do livro Além da Lenda, de Bruno Antônio, Erickson Marinho e Ulisses Brandão. Contação de Joanah Flor

 10h – Oficina infantil História de Pano, com Samantha Pimentel

 11h – Bate-papo ao vivo:  Xilogravura e cordel, o encontro da rima com o entalhe. Participação da poeta Nireuda Longobardi e do poeta Marcelo Soares, com mediação de Érica Montenegro

 12h - Prazer de Ler 

Exibição de vídeos de experiências de leitura de jovens e adultos

  13h – Circuito em conexão 

Atrações oferecidas pelos parceiros do Circuito Cultural Digital de Pernambuco

 14h – Por dentro do livro (Café cultural)

Processo de criação do livro Tereza Costa Rêgo: uma mulher em três tempos (Cepe), de Bruno Albertim. Conversa entre o autor e Sofia Lucchesi

 15h – Bate-papo ao vivo: A poesia das coisas

Participação de Mariana Félix e Akapoeta, com mediação de Marília Mendes

 16h – Show infantil com a Banda Mini Rock

 17h – Live “Fantasia e terror à brasileira”

Conversa com o escritor André Vianco e apresentação de Renato Mota

 18h – Cinema no Circuito

Sebá – face das artes, curta-metragem de Robson Santos. Todas as faces do Sebastião Alves, mais conhecido como Mestre Sebá

 19h – Lançamento - Ao vivo (Café Cultural)

Não me empurre para os perdidos (Cepe), de Maurício Melo Júnior. Conversa entre o autor e a jornalista Gianni Paula de Melo

 20h – Sarau musical

Enraizado, com Ciel Santos 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CONFISSÕES URBANAS HOJE NO YOUTUBE

COLETIVO CINERUAPE ESTREIA PODCAST NESTE SÁBADO (23)

Zé Cafofinho lança TIRO DA ALMA, projeto inédito contemplado pela Aldir Blanc