Criado no início da pandemia, projeto Sala da Casa, da Casa Natura Musical, encerra 2020 com mais 16 novas atrações

 

 

Octavio Cardozzo / Foto Gabriel Otati

O projeto Sala da Casa, exibido pelo Instagram @casanaturamusical, já foi palco de 88 lives intimistas, em que os artistas de diferentes regiões do país apresentam diretamente de suas casas, aproveitando também para conversar com o público. De 17 de outubro a 6 de dezembro, o Sala recebe as 16 últimas apresentações de 2020, sempre aos sábados e domingos, às 19h.

 Octavio Cardozzo, que se apresenta neste sábado, dia 17/10, fará sua live no perfil da Casa logo após o lançamento de seu novo disco, "TÁ TODO MUNDO MAL!" No dia seguinte, apresenta-se Zé Ibarra, vocalista, pianista e compositor que integra a banda carioca Dônica, que tem também como integrante Tom Veloso, filho de Caetano Veloso.

No dia 24/10, a Casa recebe apresentação de Vívian Kuczynski, artista curitibana que com apenas 17 anos já tem se destacado pelos seus múltiplos trabalhos como cantora, compositora, instrumentista e produtora. No dia 25/10 o perfil será ocupado por Chico Chico, filho de Cássia Eller e artista destacado na cena artística carioca.

O aracajuano Lauckson, a frente do projeto Lau e Eu, é um expoente da nova cena indie brasileira e lançou recentemente seu segundo disco, "O Futuro Está Distante".  Sua apresentação no Sala será dia 31/10, seguido pelo trio de cantoras Obinrin Trio (1/11), que mistura elementos diversos da música nacional, o que resulta na criação de composições bem brasileiras e com bastante personalidade.

A partir de 7 de novembro, a programação celebra o Mês da Consciência Negra e a Sala da Casa traz para seu palco virtual, destaques da música negra contemporânea. “Desde o início, o Sala da Casa se pauta pela qualidade musical e por um recorte não óbvio da cena musical. Priorizamos o aspecto humano, a relevância e os movimentos autorais”, conta Laura Damasceno, Gerente de Projetos na Casa Natura Musical e curadora do Sala.
Os artistas escolhidos para celebrar o mês são: Hiran (7/11), que lançou recentemente o álbum Galinheiro; a cantora e compositora Lei Di Dai (8/11), um dos ícones do Jungle/D&B (Drum & Bass) brasileiro; a cantora e atriz pernambucana Maria Pérola (14/11), a rapper, historiadora e escritora Preta Rara (15/11); a cantora, compositora e atriz Khrystal (21/11), que foi uma das intérpretes de Elza Soares no teatro; e o músico mineiro Rafael Salles (22/11), integrante do Coletivo IMuNe e  do bloco de carnaval belo-horizontino Pena de Pavão de Krishna.

Também integram as comemorações a cantora amazonense Thais Badu (28/11), que no ano passado foi contemplada pelo edital da Natura Musical, e   Mestrinho (29/11), cantor, compositor e  acordeonista que já se apresentou ao lado de ícones da música brasileira, com Dominguinhos, Gilberto Gil e Elba Ramalho.

Em dezembro, o encerramento do ano fica por conta do sambista Toinho Melodia (5/12) e de Nath Rodrigues (6/12), cantora, compositora e violinista mineira.

Confira a agenda completa do Sala da Casa:

17/10, sábado: Octavio Cardozzo
18/10, domingo: Zé Ibarra
24/10, sábado: Vívian Kuczynski
25/10, domingo: Chico Chico
31/10, sábado: Lau e Eu
01/11, domingo: Obinrin Trio
Programação especial Consciência Negra:
07/11, sábado: Hiran
08/11, domingo: Lei Di Dai
14/11, sábado: Maria Pérola
15/11, domingo: Preta Rara
21/11, sábado: Khrystal
22/11, domingo: Raphael Sales 
28/11, sábado: Thais Badu 
29/11, domingo: Mestrinho
05/12, sábado: Toinho Melodia
06/12, domingo: Nath Rodrigues
Sempre às 19h

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

“CONFISSÕES URBANAS” UM EXPERIMENTO CÊNICO DIGITAL

FESTIVAL DE TEATRO DE IGARASSU ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS

ACÚSTICO IMAGINAR