Artistas Digitais: Laís Xavier

Foto: Aimê Carvalho

Lais Xavier desde a infância cresceu escutando Tom Jobim, Roberto Carlos Chico Buarque com seu pai. Aos descobriu que tinha um grande potencial vocal e iniciou-se cantando em igrejas e casamentos pelo Recife. Além de cantar e encantar com sua voz, no ano de 2014 descobriu-se compositora; criou a musica "
Maré Vermelha". Para dar continuidade ao seu sonho, deu o primeiro passo após a conclusão do ensino médio, em 2015 iniciou o curso de Musica no Centro de Educação Musical de Olinda. 

desde cedo ao colocar-se entre os estilos musicais, deparou com grandes dificuldades por defender e cantar a bossa nova, samba, MPB, já que, quando entrou no mundo musical outros estilos musicais estavam explodindo em Pernambuco e no Brasil.  Xavier em entrevista deixa claro que mesmo não produzindo samba ou bolsa nova sua identidade musical tem essas raízes. "Embora minhas musicas em geral não tenham muito características da batida do samba ou a batida da Bossa Nova, eu tento sempre fazer referencias." 

Na sua vida academia quando cursava Publicidade e Propaganda, Laís recebeu a oportunidade de cantar na própria instituição de ensino, em um grupo chamado MPB UNICAP,  " Essa oportunidade foi pra mim aliar a pratica da teoria que eu tinha aprendido no CEMO". Então partir dai que Laís começou a fazer os seus primeiros shows para públicos maiores como nos palcos de Jaboatão, Dona Lindu e o mais marcante em toda sua vida, no palco do Teatro Santa Isabel.  

Ano passado desligou-se do grupo ao concluir o curso e usou a formação ao seu favor, utilizando a parte visual e a internet como suas principais armas de divulgação de seus trabalhos musicais. Hoje, Laís Participa do grupo vocal '4 por 4', composto por 10 músicos, além do 'Atempo' que é um grupo de músicos que divulgam suas musicas autorais juntos.


O Ep intitulado "Aorta que nos guia" é seu recente trabalho solo, lançado no inicio do mês de março,  está em todas as plataformas digitais. Tem como finalidade exibir as fases do amor. A primeira musica "Canção pra o passageiro" remete bem o sentido do álbum, onde os versos falam sobre paixões a primeira vista. Além disso o Ep aborta outros temas, decepções amorosas, sexualidade feminina, segurança pessoal. E para finalizar com chave de ouro, a sua primeira musica fecha falando sobre términos amorosos.  



Para assear as redes sociais de Laís Xavier e seu novo EP: 





Comentários

  1. Muito bom conhecer os novoa artistas da minha terra linda, Recife. Parabens pela iniciativa

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

IVONETE MELO, PRESIDENTE DO SINDICATO DOS ARTISTAS NO ENFRETAMENTO DA PANDEMIA

A SOLIDARIEDADE NO CENTRO DE CRIAÇÃO GALPÃO DAS ARTES DE LIMOEIRO

Exposição digital Quarentena, do Museu da Diversidade Sexual, será inaugurada nesta segunda-feira (25)