Afoxé Oxum Pandá canta a riqueza da herança afro-brasileira em apresentação amanhã (12) em Boa Viagem

Foto de Alice Souza
Amanhã (12), às 19h, na Pracinha de Boa Viagem, o grupo cultural Afoxé Oxum Pandá mostra toda a sonoridade da cultura africana reinventada no Brasil sob a cadência do Ijexá. Com 23 anos de fundação, o grupo canta a beleza negra, a riqueza da herança afro-brasileira e propagando o amor e reconhecimento da história de luta e resistência dos antepassados. A apresentação integra a programação do Projeto Recife + Cultura da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer da Prefeitura do Recife em parceria com o Grupo Parvi e incentivo da Lei Rouanet. A produção é assinada pelo Bureau de Cultura e a indicação é livre.
Foto de Rennan Peixe
Com sua origem vinculada ao movimento negro de Olinda, nasceu no ano de 1995 por uma iniciativa do Babalorixá Genivaldo Barbosa Lemos, que sentiu-se motivado em multiplicar os saberes vivenciados após anos de contribuição e militância no Afoxé Alafin Oyó (um dos principais grupos desta linguagem no Estado de Pernambuco). E foi de uma consulta através dos búzios aos Orixás que, Oxum Pandá (divindade guerreira da beleza, riqueza e amor) se apresentou como patrona da nova entidade. Com suas  vestes amarelo e branco, a entidade cultural Afoxé Oxum Pandá constrói sua trajetória de afirmação entre os grupos de cultura de tradição no Estado.
Foto de Rennan Peixe
A apresentação de amanhã é um encontro de música, dança, teatro e festa. O Projeto Recife + Cultura existe há dois anos e as atividades acontecem semanalmente às quartas-feiras na Pracinha. As apresentações são feitas por grupos de dança e teatro de rua, reconhecidos como patrimônio histórico cultural. Nessa nova fase, a ideia é ampliar e qualificar as ações tendo em vista o enorme potencial turístico da cidade que é considerada um dos principais destinos de eventos e polo cultural do Estado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Artistas Digitais: Laís Xavier

Bairro da Várzea da exemplo de solidariedade durante a pandemia do Covid-19

Mais de 260 filmes Pernambucanos gratuitos para assistir em casa