“Grandes Encontros da MPB” celebra as maiores composições e parcerias da música brasileira

Foto: Caio Galluci

Com direção de Sergio Módena e texto de Pedro Brício, musical permanece no Teatro RioMar  até amanhã

Se tem algo do qual todos nós podemos nos orgulhar é da Música Popular Brasileira, sucesso em todo o mundo. E não é de hoje. Essa riqueza se torna ainda mais preciosa e aplaudida quando é feita aquela mistura genuinamente made in Brazil. Sucessos como Eu Sei Que Vou Te Amar, Águas de Março, Garota de Ipanema e Frevo Mulher fazem parte do espetáculo “Grandes Encontros da MPB”, que estreou em outubro e chega ao Teatro RioMar para temporada de 8 a 10 de janeiro de 2020. “Grandes Encontros da MPB” é apresentado pelo Ministério da Cidadania e pela SulAmérica, tem patrocínio da Riachuelo e Eurofarma, apoio da Americanet, Livelo e Alelo e Localiza Hertz como locadora de carros oficial.


Sergio Módena, diretor do espetáculo, destaca a importância de levar a cultura brasileira para o palco. “Esse musical é uma afirmação da nossa cultura. Precisamos elevar a autoestima do brasileiro, ouvir a nossa música! `Grandes Encontros da MPB´ é um show teatralizado”, define.  Para o roteirista Pedro Brício, o musical, que apresenta um repertório da MPB a partir dos anos 1960, fala de parceria artística, mas também de amizade: “São encontros que duraram décadas, não só artisticamente, mas afetivamente. Caetano e Gil, por exemplo, não compuseram tantas canções, mas viveram juntos em Londres; a parceria foi além da música, foi um encontro de vida”. Essa é uma das histórias presentes no musical. Durante o período do exílio, a dupla foi visitada por Roberto Carlos. Nesse período, nasceram London London, música de Caetano Veloso que traz diversas vezes a palavra solidão, e Debaixo dos Caracóis dos seus Cabelos, de Roberto Carlos em homenagem ao amigo exilado.

Segundo Délia Fischer, diretora musical do espetáculo, a música brasileira é o nosso maior bem. A produção homenageia e lembra grandes parcerias na música brasileira, com o elenco interpretando canções inesquecíveis, como Se Todos Fossem Iguais a Você, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, Beatriz, de Chico Buarque e Edu Lobo, É Proibido Fumar, de Roberto e Erasmo Carlos, Sociedade Alternativa, de Raul Seixas e Paulo Coelho, Flutua, de Johnny Hooker e Liniker, e ainda Titãs, Barão Vermelho, Tim Maia, Paralamas, Blitz, entre tantos outros.

Da Jovem Guarda ao Samba, o elenco, formado por Ariane Souza, Bruna Pazinato, Édio Nunes, Franco Kuster, Júlia Gorman e Thiago Machado, conta, a partir de depoimentos descontraídos e bem-humorados, histórias e curiosidades dessas parcerias. Será apresentado no palco um passeio pela história da música nacional, passando por diversos gêneros e enredos. Não poderiam ficar de fora a Bossa Nova, com Tom Jobim, Toquinho e Vinícius, a era dos festivais, com Caetano e Gil, o Clube da Esquina, de Milton Nascimento, a música nordestina, de Elba Ramalho, Alceu Valença, Zé Ramalho e Geraldo Azevedo, o samba com Clementina de Jesus, Cartola, Nelson Cavaquinho e Beth Carvalho; Cazuza e Frejat, Raul Seixas e Paulo Coelho representando o Rock. Vai ser impossível não cantar junto e não querer embarcar nessa viagem musical.

O figurino do espetáculo tem assinatura de Karen Brustollin, que leva ao palco uma confecção artesanal. Sobre o figurino, Karen garante uma pegada Pop Art, com elementos circenses e bastante cor. “Misturo estilos, um pouco de Pop Art e Barroco. Quero dar uma sensação confortável para o elenco e para o público”, descreve.  A cenografia, criada por Dina Salem Levy, é composta de grandes painéis que serão movimentados pelos atores, dando forma a vários ambientes.

Sobre a Aventura – A Aventura, dos sócios Aniela Jordan e Luiz Calainho, está há mais de dez no mercado produzindo grandes sucessos musicais e investindo no crescimento e modernização do setor teatral brasileiro. Neste período, os espetáculos ampliaram sua estrutura, ganharam espaço no mercado e poder de atração entre espectadores e investidores. A empresa assinou grandes sucessos como “Elis, A Musical”, “Chacrinha, o Musical”, “Hair”, “A Noviça Rebelde”, “Romeu & Julieta, ao Som de Marisa Monte”, “Merlin e Arthur, um Sonho de Liberdade”, entre outros – levando mais de 2 milhões de pessoas ao teatro. Em agosto de 2016, a Aventura inaugurou o Teatro Riachuelo Rio, e em 2019, o Teatro Prudential, no antigo edifício Manchete.


SERVIÇO:

Grandes Encontros da MPB
De 8 a 10 de janeiro de 2020, às 21h

Teatro RioMar: Av. República do Líbano, 251, 4º piso – RioMar Shopping

Duração: 100 minutos
Classificação: Livre

Ingressos:

Plateia Baixa: R$ 90 e R$ 45 (meia)
Plateia Alta: R$ 70 e R$ 35 (meia)
Balcão Nobre: R$ 50 e R$ 25 (meia)

+ Canais de vendas oficiais: bilheteria do Teatro RioMar Recife (terça a sábado, das 12h às 21h, domingos e feriados, das 14h às 20h) e www.uhuu.com.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Artistas Digitais: Laís Xavier

Bairro da Várzea da exemplo de solidariedade durante a pandemia do Covid-19

Mais de 260 filmes Pernambucanos gratuitos para assistir em casa