Claudio N reúne 14 anos de música em álbum com pegada de coletânea


Músico recifense reúne os conteúdos de 3 EPs em álbum com material inédito. Canções ressaltam a versatilidade musical do artista.


Quantos Claudios temos em "Claudio N & A Turma Do Deixa Disso"? O álbum, que reúne composições criadas entre 2003 e 2017, apresenta várias personas do músico, guitarrista, montador de samplers e colagens, compositor de trilhas sonoras e especialista em acertos de contratos mal sucedidos. Essas e outras facetas são evidenciadas numa obra que pode ser equiparada a um "best of”, as famosas coletâneas de sucesso que reúnem os vários singles e escolhas musicais do artista ao longo de sua carreira. Neste caso, 14 anos de trajetória em constante parceria com o produtor, músico e compositor Carlos Montenegro, que também assina a produção do álbum.
O perfil de catálogo pode ser melhor evidenciado pela estratégia de lançamento: Claudio N & A Turma do Deixa Disso foi conhecido aos poucos, ao longo de 3 EPS com faixas que evidenciam as diferentes linguagens trabalhadas pelo artista. Todo o processo de gravação e registro de músicas com mais de dez anos e novas composições foi possibilitado pelo Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura, o Funcultura.
“A sensação que tive ao gravar essas músicas foi muito semelhante à de restauro de quadros que estavam perecendo ou perdendo a cor dentro de um baú bolorento”, explica Claudio. A gravação reuniu músicos e trouxe novos tons e texturas às composições, possibilitando ao artista gravar de forma definitiva algumas canções, apresentar novas propostas de arranjo e, a partir do álbum, consolidar com uma roupagem pop a trajetória artística de Claudio N e sua turma.
Nascido em Paulo Afonso (BA), perto da divisa entre Pernambuco, Alagoas e Sergipe, Claudio N mudou-se para São Paulo no início de 2019 depois de longos 20 anos como músico, produtor e DJ no Recife. Nesse período seu nome esteve presente em vários projetos: seja na banda Chambaril ou no projeto Nascinegro, na composição de trilha sonoras  e de faixas para filmes como “O Som ao Redor”, de Kleber Mendonça Filho e “Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo”, de Karim Aïnouz e Marcelo Gomes.

                Do psicodelismo interestelar ao bolero, passando pelo axé ou aportando na música cômica. Ao final das 12 faixas de Claudio N & A Turma Do Deixa Disso é possível, senão enumerar com exatidão quantos são, ao menos conhecer melhor esses “ene” Claudios. A mistura de referências que reúnem nas mesmas nuvens de tag nomes como Ween, Zé Ramalho, Pepeu Gomes e rock progressivo é bem amarrada e unificada esteticamente pelos arranjos assinados por Mateus Alves e Carlos Montenegro, que acompanham Claudio desde os tempos do vestibular.
Extras - Além das 9 composições dos EPs já lançados, o álbum de Claudio N & A Turma do Deixa  Disso conta com uma faixa bônus, a canção Meu Sapato. As vinhetas Terra Plana e O Feiticeiro completam o material inédito.
O designer Raul Luna, que já assinou a identidade visual de artistas como Cadu Tenório, Tetine, M. Takara, Ayrton Montarroyos e o pianista Victor Araújo, assina toda a concepção visual do álbum e também dos EPs. Você pode encontrar o álbum Claudio N & A Turma do Deixa Disso nas principais plataformas de streaming junto com os três EPs. Ao todo, a obra completa de Claudio N & A Turma do Deixa Disso tem 16 faixas: são 10 músicas do álbum, além das duas vinhetas, e 4 remixes disponíveis nos EPs. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Artistas Digitais: Laís Xavier

Bairro da Várzea da exemplo de solidariedade durante a pandemia do Covid-19

Mais de 260 filmes Pernambucanos gratuitos para assistir em casa