FestCine prorroga inscrições para 8 de novembro


O festival é uma realização conjunto da Prefeitura do Recife e do Governo do Estado. Foto de Djair Freire

Realizadores do audiovisual de Pernambuco terão até o dia 8 de novembro (sexta-feira) para inscrever suas produções na 21º edição do Festival de Curtas de Pernambuco (FestCine). O processo seletivo, que foi aberto em 30 de setembro, foi prorrogado. As inscrições são exclusivas pela plataforma Mapa Cultural de Pernambuco. O festival é uma realização conjunta entre o Governo de Pernambuco e a Prefeitura do Recife, e acontece de 9 a 14 de dezembro, no Cinema São Luiz, na capital. Confira aqui o edital ou clique aqui para inscrever sua produção.

Os selecionados concorrem a um total de R$ 58,5 mil em premiações, divididas na Mostra Competitiva Geral e na Mostra Competitiva de Formação. Será concedido ainda o Troféu Fernando Spencer para os filmes concorrentes na Mostra Competitiva Geral em diversas categorias. O resultado dos curtas escolhidos será divulgado no dia 10 de novembro. Dúvidas sobre este edital deverão ser tiradas pelo e-mail festcinepe@gmail.com.

“O FestCine é um grande encontro da cadeia do cinema e da produção audiovisual pernambucana, principalmente os que estão iniciando sua carreira. O FestCine chega à sua vigésima primeira edição e ressalta a força da produção local”, comemora Gilberto Freyre Neto, secretário Estadual de Cultura (Secult-PE).

“Ao longo de sua história, o FestCine representou uma das poucas iniciativas na difusão dos produtos culturais audiovisuais produzidos no Estado e foi uma janela de exibição de filmes de cineastas, hoje reconhecidos, como Camilo Cavalcanti, Marcelo Gomes, Antônio Carrilho e Adelina Pontual”, ressalta Marcelo Canuto, presidente da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe).

“Especialmente num momento como o que vivemos agora, em que o cinema pernambucano é festejado no mundo inteiro, conquistando público, crítica especializada e prêmios em diversos países, o FestCine confirma sua importância. É preciso e urgente investirmos na formação de novas gerações para o audiovisual do Recife e de Pernambuco”, celebra o presidente da Fundação de Cultura Cidade do Recife, Diego Rocha.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Artistas Digitais: Laís Xavier

Bairro da Várzea da exemplo de solidariedade durante a pandemia do Covid-19

Mais de 260 filmes Pernambucanos gratuitos para assistir em casa