Prefeitura do Recife convoca brincantes do ciclo natalino para seminário sobre pastoril

Abertura Ciclo Natalino Rio Branco /  Foto: Inaldo Menezes 

Encontros seguem até o próximo dia 29 de outubro, na Casa do Carnaval, no Pátio de São Pedro

A Diana, o cordão azul e o encarnado, todos os brincantes do ciclo natalino estão sendo convidados pela Prefeitura do Recife para discutir e refletir sobre a importância e as profundas raízes do pastoril na cultura nordestina e brasileira e a pensar sobre estratégias de valorização e preservação do brinquedo.

O Seminário sobre o Pastoril Religioso, promovido pela Secretaria de Cultura e pela Fundação de Cultura Cidade do Recife, já começou e o calendário de encontros, conduzidos pelos especialistas em cultura popular Carmem Lélis e Mika Silva, segue nos próximos dias 24 e 29 de outubro, amanhã e terça-feira, na Casa do Carnaval, no Pátio de São Pedro, nº 38, Bairro de São José, das 14h30 às 17h.

Na ocasião, os brincantes também receberão informações sobre o Sistema de Incentivo à Cultura (SIC) e como participar dos editais abertos. 

Sobre o pastoril – Tradição que todo ano ganha as ruas e os palcos da cidade na programação natalina montada pela Prefeitura do Recife, o pastoril tem origem no teatro semipopular ibérico, em uma combinação de danças, textos e canções, vinculados aos presépios diante dos quais eram encenados.

Nas primeiras duas décadas do século XIX, o pastoril se mantém pela iniciativa de leigos, mas sem perder sua ligação religiosa. A partir de então, espalha-se pelos bairros atraindo cada vez um maior público. “O pastoril é considerado como precursor do teatro popular e, segundo estudiosos, isso pode explicar a sua influência na vida social de Pernambuco e do Nordeste. Num tempo onde não havia televisão, por exemplo, o povo esperava ansioso pelas apresentações dos pastoris”, diz Carmem Lélis. Agora, a missão do poder público e das novas gerações de brincantes é fazer com que o pastoril não seja ofuscado pelo enorme apelo de outros brinquedos, aqueles que cintilam nas prateleiras das lojas.

Serviço
Seminário sobre o Pastoril Religioso
Data: 24 e 29 de outubro
Horário: 14h30 às 17h
Local: Casa do Carnaval, no Pátio de São Pedro, nº 38, Bairro de São José

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Artistas Digitais: Laís Xavier

Bairro da Várzea da exemplo de solidariedade durante a pandemia do Covid-19

Mais de 260 filmes Pernambucanos gratuitos para assistir em casa