Samico faz show de lançamento de álbum solo no Recife

Com título homônimo, o primeiro disco solo do músico se encontra disponível em todas as plataformas de streaming e terá show de lançamento com participação de Jam da Silva no Teatro Apolo

Propondo a leveza como caminho para ultrapassar as barreiras físicas e o imaginário como ponto de reencontro com nós mesmo, Samico apresenta o resultado de sua extensa trajetória em primeiro álbum solo. Levando o nome do cantor e compositor, o disco terá show de lançamento, no Recife, no dia 6 de setembro, às 21h, no Teatro Apolo. Os ingressos custam R$ 15 (lote promocional) e estão à venda no Sympla e na loja Passa Disco. 

Com fortes influência do período que passou em Luanda, Angola, seu trabalho autoral traz na poesia e melodia o pertencimento a um estado comum de existência: a contemplação. Segundo o artista, o trabalho fala do que acredita como forma de vida. "As minhas músicas remetem a um lugar de conforto, de acalmar. Falam sobre olhar pra dentro de si e perceber que a melhor escuta é de olhos fechados", afirma sobre o álbum, produzido em parceria com compositores e poetas  pernambucanos da nova geração, como Barro, Gleison Nascimento, Jam da Silva, Thiago Martins e Igor de Carvalho, além da artista francesa Mozzaika.

Assinando a produção musical do trabalho, Samico contou ainda com Luccas Maia (Solto no Tempo), Guilherme Assis (Profecia), Moacir Torres (Nada Demais), Iuri Brainer (Daqui a pouco), Jam da Silva (Mujica) e Barro (Além-Mar), como co-produtores. Parrô Melo (sax) conduz os arranjos de sopro em Solto no Tempo, Outro Mar, Daqui a Pouco e Dois Olhos


Realizado com apoio do Fundo de Incentivo à Cultura - Funcultura, o álbum conta com 11 faixas autorais, produzidas ao longo dos últimos quatro anos, com gravações e mixagens no estúdio Carranca, e masterização de Felipe Tichauer (Redtraxx, Miami/EUA). As ilustrações que acompanham as fotos e encarte do trabalho ficaram por conta de Raoni Assis.

O trabalho conta ainda com a participação de músicos como Gilú Amaral (percussões), Moab Nascimento (trombone), Márcio Oliveira (trompete), Carlos Amarelo (percussões), Marcelo Cebukin (sax), Luccas Maia (baixo, sintetizador, teclados, guitarras e vocais), Lucas dos Prazeres, Sue e Surama Ramos (coro).

Confira o disco na íntegra: https://spoti.fi/2NMnjhe

SERVIÇO


Quando: 6 de Setembro, às 21h.
Onde: Teatro Apolo (R. do Apolo, 121, Bairro do Recife).
Ingressos: R$ 15 (lote promocional), à venda no Sympla (bit.ly/2ORi95Q) e na loja Passa Disco (R. da Hora, 345 Espinheiro, Recife).
Informações: (81) 3355-3321





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

IVONETE MELO, PRESIDENTE DO SINDICATO DOS ARTISTAS NO ENFRETAMENTO DA PANDEMIA

A SOLIDARIEDADE NO CENTRO DE CRIAÇÃO GALPÃO DAS ARTES DE LIMOEIRO

Exposição digital Quarentena, do Museu da Diversidade Sexual, será inaugurada nesta segunda-feira (25)