Mônica Salmaso inicia turnê nordestina por Recife



 
Cantora paulistana aporta na capital pernambucana  e inicia a turnê do seu CD Caipira hoje (31), às 21h, no Teatro Santa Isabel

A cantora paulistana Mônica Salmaso inicia turnê pelo Nordeste, por Recife, do seu novo álbum, o CD Caipira. Fã declarada da cidade, da cultura pernambucana, a artista é só alegria em retornar ao Estado para apresentar o seu mais recente trabalho focado na riqueza e singularidade da música caipira brasileira. O show acontece hoje  (31), às 21h, no Teatro Santa Isabel.

Após apresentações no Rio de Janeiro e em Porto Alegre, com sucesso de público e crítica, a artista, que tem o show, com a realização local sob a batuta da Cactus Promoções e Produções, do produtor Ângelo Filizola, além de patrocínio do Bradesco e realização do Ministério da Cidadania e da Turmalina Produções Musicais e Artísticas, fez uma imersão no universo da música caipira. “O violeiro, escritor e amigo muito querido Paulo Freire chegou na minha casa com uma mala grande cheia de cds, vinis e fitas cassete com uma triagem de uma vida inteira dedicada a este estilo musical. Eu fiquei fascinada e encomendei a ele uma pesquisa mais abrangente sobre esse assunto que tinha me encantado. A triagem, entre inúmeras canções, fez nascer o meu disco Caipira”, salienta Mônica Salmaso.

Dona de uma voz forte e singular, a artista, com 11 anos de carreira, escolheu a dedo o repertório e os músicos que a acompanharam na gravação do novo álbum. Produzindo o cd e nos sopros Teco Cardoso, Neymar Dias (viola caipira e baixo acústico), Nailor Proveta (clarinete e sax tenor) e Toninho Ferragutti (acordeon). Em três faixas,  participaram os músicos Robertinho Silva na percussão e o André Mehmari, no piano. No cd, Mônica fez duetos com os compositores Sergio Santos e com o ator, cantor e compositor Rolando Boldrin. Na turnê, os músicos “itinerantes” são Ari Colares, que divide a percussão com a própria Mônica, Lulinha Alencar (piano e acordeon), Neymar Dias (viola caipira), Teco Cardoso (sax e flautas) e Luca Raele (clarinete). A técnica de som é de Carlos Rocha, a iluminação de Silvestre Garcia e a coordenação de produção é de Carla Assis.

No setlist do show, A VELHA e ALVORADINHA (do folclore adaptada por Nivaldo Maciel. A linda CAIPIRA, do Breno Ruiz e Paulo César Pinheiro, dá nome ao cd e ao show. Segundo Mônica, as músicas foram escolhidas a dedo e todas tem um motivo especial para estarem no show e no cd. “PRIMEIRA ESTRELA DE PRATA (Rafael Alterio e Rita Alterio) estava no meu balaio de vontades há um tempão; MINHA VIDA (Vieira e Carreirinho), eu aprendi ouvindo o trio Conversa Ribeira de quem sou fã.  A canção AÇUDE VERDE (Sérgio Santos e Paulo César Pinheiro) eu acho uma das declarações de amor masculinas poeticamente mais bem escritas; LEILÃO (Hekel Tavares / Joracy Camargo) uma atordoante parte da história do Brasil aqui contada com enorme beleza; FERIADO NA ROÇA (uma música caipira do Cartola que a Teresa Cristina me ensinou); SARACURA TRÊS POTES (Candido Canela e Téo Azevedo) que eu conhecia numa lindíssima gravação de Pena Branca e Xavantinho. SONORA GAROA (Passoca) pra mim, um clássico caipira moderno; ÁGUA DA MINHA SEDE(Dudu Nobre e Roque Ferreira) e BOM DIA (Nana Caymmi e Gilberto Gil) que se “fizeram” caipiras neste disco”, recorda Salmaso.

Outras duas canções inéditas SAÍRA (Sérgio Santos) e BAILE PERFUMADO do Roque Ferreira,  não estão no cd mas, entrarão presentes no show. De acordo com a cantora o seu disco caipira retrata todo o seu respeito pelo Brasil mais profundo e pelas nossas qualidades criativas que beiram o infinito. “Eu dei a minha leitura e de meus amigos que dele participam num momento que é mais urgente do que nunca, respeitarmos o que somos e cuidarmos da gente!”, finaliza Mônica. Os ingressos para o show do dia 31 de agosto, às 21h, custam R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia) e já estão sendo vendidos na bilheteria do Teatro Santa Isabel.

MÔNICA SALMASO  

Nascida em São Paulo em 1971, gravou seu primeiro cd em 1995 “Afro-Sambas”, com o violonista Paulo Bellinati. Por este trabalho, foi indicada para o Prêmio Sharp em 1997 como Revelação na categoria MPB. Em 1998 lançou o CD “Trampolim” e venceu o Segundo Prêmio Visa MPB – Edição Vocal. Gravou em 99 seu terceiro CD “Voadeira. Na edição de 4 de fevereiro de 2002 do “The New York Times”, o crítico Jon Pareles coloca Mônica Salmaso como um dos principais nomes surgidos recentemente na música popular brasileira.
Em 2004 lançou seu quarto CD “Iaiá, pela Biscoito Fino. Participou do CD “Carioca” de Chico Buarque. Seu CD “Noites de gala, samba na rua”, com músicas de Chico Buarque e participação especial do grupo Pau Brasil, foi indicado ao Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Música Popular Brasileira.
Fez durante o ano de 2008 uma turnê pelo Brasil, Esta turnê gerou o DVD e o CD “Noites de gala, samba na rua” ao vivo.Com “Alma Lírica Brasileira” recebeu o 23º Prêmio da Música Brasileira – Categoria Melhor Cantora MPB. E em 2013 o DVD deste mesmo trabalho, dirigido por Walter Carvalho, recebeu o 24º Prêmio da Música Brasileira – Melhor DVD, com show de lançamento realizado no Auditório do Ibirapuera no mesmo ano. Com este concerto, se apresentou em Lisboa, Paris, Bruxelas e Canadá .
Ainda em 2013 participou dos shows e DVD em homenagem aos 70 Anos de Edu Lobo, ao lado de Chico Buarque e Maria Bethânia. Seu penúltimo cd Corpo de Baile com músicas de Guinga e Paulo César Pinheiro recebeu quatro indicações do Prêmio da Música e conquistou os prêmios de melhor cantora MPB e melhor canção. Com este trabalho realizou turnê pelo Brasil entre 2015 e 2017. Seu último álbum Caipira recebeu o Prêmio da Musica Brasileira como melhor disco e melhor cantora na categoria Regional. Mônica tem sido convidada frequentemente a participar de Festivais nos Estados Unidos e Europa e acaba de realizar uma turnê pelo Japão, com todas as salas de concerto lotadas,  ao lado do compositor Guinga. 

REPERTÓRIO

A VELHA (Domínio Público adaptada por Nivaldo Maciel)
AÇUDE VERDE (Sérgio Santos / Paulo César Pinheiro)
AGUA DA MINHA SEDE (Roque Ferreira / Dudu Nobre)
ALVORADA (Domínio Público)
BAILE PERFUMADO (Roque Ferreira)
BOM DIA (Nana Caymmi / Gilberto Gil)
CAIPIRA (Breno Ruiz / Paulo César Pinheiro)
FERIADO NA ROÇA (Cartola)
LEILÃO (Heckel Tavares / Joracy Camargo)
MINHA VIDA (Carreirinho / Vieira)
PRIMEIRA ESTRELA DE PRATA (Rafael Alterio / Rita Alterio)
SARACURA TRÊS POTES (Candido Canela/Téo Azevedo)
SONORA GAROA (Passoca)



SERVIÇO:
LANÇAMENTO DO CD CAIPIRA - MÔNICA SALMASO
QUANDO:  31 DE AGOSTO, ÀS 21H, NO TEATRO SANTA ISABEL
QUANTO: R$ 60,00 (INTEIRA) E R$ 30,00 (MEIA), NA BILHETERIA DO TEATRO.
INFORMAÇÕES: 81| 9 9971.5658

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Artistas Digitais: Laís Xavier

Giro Literário infantil: 10 eBooks para suas crianças

Frei Caneca estreia entrevistas por meio de lives no Instagram