Maciel Salú e Anderson Miguel apresentam seus novos shows na Festa do Azougue





De diferentes gerações, artistas têm em comum bases musicais fincadas entre as tradições da Mata Norte e a contemporaneidade da música do mundo. Evento acontece no dia 14/04, no SinsPire, Recife Antigo

A primeira edição da Festa do Azougue, que será realizada no próximo dia 14 de abril (domigo), às 16h, no SinsPire, no Recife Antigo, vem com dois artistas que têm muito em comum: Maciel Salú e Anderson Miguel. De diferentes gerações os dois tem em comum suas bases musicais fincadas entre as tradições da Mata Norte e a contemporaneidade da música do mundo. Nascidos e criados em meio a Maracatus, Cirandas e Cavalos Marinhos, Maciel e Anderson, cada um à sua maneira, são reconhecidos por renovar essa tradição nos trabalhos que apresentam nos palcos, ao mesmo tempo que trabalham firmemente para a manutenção e preservação da tradição como deve ser vivenciada nos terreiros.

Na Festa do Azougue o compositor, cantor e rabequeiro Maciel Salú apresenta o show do seu quinto álbum solo, o “Liberdade”, bastante elogiado pela crítica e pelo público. No novo trabalho, Maciel Salú une letras com forte discurso político e social, sua voz potente e uma musicalidade cada vez mais contemporânea. Os ritmos são dos mais variados e os temas giram em torno de assuntos como preconceito, racismo, religiosidade, democracia e violência. Tudo isso, acompanhado da sua rabeca, que não se rende ao rótulo de instrumento meramente folclórico, trazendo uma sonoridade única ao ser experimentada com cordas e pedais de guitarra. No disco, Maciel contou com as participações da cantora paulista Juçara Marçal, vocalista da banda Metá Metá, e do pernambucano Lira, do Cordel do Fogo Encantado.


Já Anderson Miguel, jovem que vem se destacando com sua ciranda e também como Mestre de Maracatu Rural na Mata Norte, apresenta o show do disco “Sonorosa”. Conhecido pela voz suave e uma poesia certeira, Anderson é um dos expoentes da nova geração de cirandeiros e maracatuzeiros da Mata Norte, que tem nomes de jovens Mestres como Bi, Erino, Letinho e Guilherme. Apesar de já ter gravado outros discos, “Sonorosa” é considerado o álbum de estreia do artista nascido e criado em Nazaré da Mata. No álbum Anderson Miguel une guitarra, baixo e sintetizadores à tradição do Maracatu e da Ciranda. O trabalho, coproduzido por Siba e João Noronha, teve a participação de Juçara Marçal, Jorge du Peixe, da Nação Zumbi, e de Beto Villares, no sintetizador modular.

Idealizada por Maciel Salú, nome da festa vem da mística bebida produzida pelos Caboclos de Lança do Maracatu Rural, famosa por envolver uma lenda de que leva pólvora em sua composição, para dar energia para o maracatuzeiro aguentar o ritmo frenético e o peso do Carnaval. O evento será realizado no SinsPire, localizado em frente à Praça do Arsenal da Marinha, no Bairro do Recife. Os ingressos custam R$25 antecipado pelo site da Sympla (http://bit.ly/Festa-do-Azougue) e R$30 no dia diretamente na bilheteria do evento. A casa abre as portas às 16h.

Serviço:
Festa do Azougue, com Maciel Salú e Anderson Miguel
Quando: 14/04/19 (domingo), às 16h
Onde: SinsPire (Rua da Guia, 234 – Praça do Arsenal, Recife Antigo)
Ingressos: R$25 antecipado Sympla (http://bit.ly/Festa-do-Azougue), R$30 bilheteria (abre às 15h no dia do evento)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Artistas Digitais: Laís Xavier

Bairro da Várzea da exemplo de solidariedade durante a pandemia do Covid-19

Mais de 260 filmes Pernambucanos gratuitos para assistir em casa