Exposição "Os da Minha Rua; Poéticas de R/existência dos Artistas Brasileiros" tem programação hoje e amanhã


Obra de Renata-Felinto, da Série-Embalando Mateus Francisca,2017

A produção da exposição "Os da Minha Rua", que reúne trabalhos de artistas negros no Museu da Abolição, promove a partir de hoje uma série de eventos numa dinâmica que traz uma roda de conversas  e performances.

Hoje, a partir das 16h, acontece a roda de convers aberta ao público. Trata-se de "Diálogos Presentes e Ausentes", com a curadora Joana D'arc Lima e a diretora do Museu da Abolição, Elisabete Arruda, artistas locais, negros e negras, além dos participantes da oficina-performance , de Moisés Patrício e daqueles que participaram do Curso Arte Afro-brasileira. Amanhã, às 15hs, artista Ana Lira apresenta a performance Numbra.
A exposição reúne a  produção visual de dez artistas negras e negros contemporâneos:

Ana Lira (PE), Dalton Paula (GO), Edson Barrus (PE), Izidoro Cavalcanti (PE), José Barbosa (PE), Maré de Matos (MG/PE), Moisés Patrício (SP), Priscila Rezende (MG), Renata Felinto (SP/CE), Rosana Paulino (SP)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Artistas Digitais: Laís Xavier

Bairro da Várzea da exemplo de solidariedade durante a pandemia do Covid-19

Mais de 260 filmes Pernambucanos gratuitos para assistir em casa