sexta-feira, 29 de junho de 2018

Rádio Frei Caneca está no ar em caráter definitivo. FM 101.5


 Pondo fim a uma espera de 58 anos, a Prefeitura do Recife colocou, nesta quinta-feira (28), oficialmente no ar a Frei Caneca FM, emissora pública que é a primeira rádio construída com a participação popular

Depois de anos de espera, é chegado o tempo de comemorar mais um passo na democratização da comunicação. Na tarde desta quinta-feira (28), o prefeito Geraldo Julio anunciou o microfone aberto na transmissão inaugural da Rádio Frei Caneca, que após cumprir todas as exigências técnicas determinadas pela Anatel e, após consulta pública, está apta, de acordo com a legislação brasileira, a operar no dial 101.5, que já ocupava em caráter experimental. Na solenidade de transmissão oficial e inaugural, a Rádio contou com a presença de comunicadores, jornalistas, produtores culturais e ainda com apresentações dos artistas Amaro Freitas, Isaar, Silvério Pessoa e dos poetas Clécio Rumas e Bione.
 
“Hoje é um dia histórico para o Recife, depois de 58 anos de espera, a Rádio Frei Caneca entra no ar definitivamente. Colocamos ela em funcionamento em 2016, em caráter experimental, e a partir de hoje abre os microfones para os novos programas que vão acontecer, programas também que vieram de editais públicos que foram feitos num processo participativo, onde as pessoas puderam participar ativamente, sociedade civil organizada, artistas da cultura, radialistas, todo mundo participando para que a gente chegue à primeira rádio pública da nossa cidade”, declarou o prefeito Geraldo Julio sobre a Rádio que foi criada pela Lei Municipal nº 6511, em 8 de novembro de 1960, de autoria do vereador Liberato Costa Júnior.


Durante a sua trajetória, a Rádio Frei Caneca só começou a sair do papel em fevereiro de 2014, com a criação dos grupos de trabalho da sociedade civil, que elaboraram um documento com diretrizes para implantação da emissora. A transmissão propriamente dita começou a ser testada em junho de 2016, firmando a Frei Caneca, já a partir daquele instante, como uma alternativa de conteúdo diferenciado também por contemplar todas as cenas da música pernambucana, passando por vários ritmos.

De acordo com o presidente da Fundação de Cultura, a Rádio Frei Caneca nasce agora de forma definitiva. “A Rádio está fazendo a sua estreia oficial. A população pode esperar muita música, programação diária com o microfone aberto e um site que já está ativo. A programação vai contemplar música pernambucana, abrindo o debate também sobre a nossa cultura. Por ser uma rádio de cunho também educativo vai tratar de informar e formar, com conteúdos instrutivos. Toda a programação foi discutida com a população, que esteve junto no processo de construção da rádio, que tem por base a comunicação democrática”, destacou.

A Rádio Frei Caneca tem como objetivo manter-se palco para a boa música, especialmente a feita em Pernambuco, mantendo o compromisso com a produção de conteúdo local que vai além da valorização da música feita regionalmente. Por meio dos editais de ocupação da grade de programação da Frei Caneca FM, foram disponibilizados cerca de 40% da grade para produções feitas pelas mais diversas representações da sociedade civil, com um edital que selecionou 14 programas que estão em fase de produção e entrarão no ar até o final de julho.

PROGRAMAÇÃO - Além dos programas diários, ao vivo, a Frei Caneca FM também terá, aos domingos, das 10h ao meio-dia, o Batucada, reunindo artistas consagrados do samba e novos talentos de Pernambuco e do Brasil. A Agenda Cultural do Recife, que desde 1995 presta um serviço fundamental, divulgando as ações e projetos culturais da cidade, ganha três inserções na semana, na Frei Caneca FM. A coluna Papo de Artista terá entrevistas com representantes das diversas linguagens artísticas e gerações, e o Circulando, trará dicas e comentários sobre a cena cultural do Recife.




Nenhum comentário:

Postar um comentário