segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Sacoleja – I Mostra Livre de Cinema Pernambucano

Programação que começou no último sábado (16), segue até esta quarta-feira (20), no Cinema São Luiz; mostra traz sessões inéditas e debates sobre a produção audiovisual pernambucana

O  Mape (Mulheres no Audiovisual PE) e ABD-Apeci (Associação Brasileira de Documentaristas e Curtas-metragistas de Pernambuco / Associação Pernambucana de Cineastas) realizam de até o dia 20 de dezembro a Sacoleja – I Mostra Livre de Cinema Pernambucano. A mostra, de caráter livre, horizontal e colaborativo, tem o objetivo de promover o acesso à produção recente de curtas e longas-metragens pernambucanos, com filmes inéditos na cidade ou produções ainda pouco exibidas nas salas de cinema.


Associada à discussão sobre temas históricos e urgentes como a distribuição, a mobilização política e a construção de estratégias para uma organização mais igualitária dos sujeitos políticos envolvidos na autoria das obras audiovisuais em Pernambuco, a mostra conta exibições de curtas e longas-metragens produzidos por realizadores (as) a partir de 2016, inéditos ou pouco exibidos nas salas de cinema.
Na programação estão os curtas Black out, de Adalmir da Silva, Felipe Peres Calheiros, Francisco Mendes, Jocicleide Valdeci de Oliveira,Martinho Mendes, Paulo Sano e Sérgio Santos; Mayra está bem, de Juliana Lima, Ilha Suiça, de Bia Rodrigues; Fora Presídio, do Coletivo Ficcionalizar; P575, de Lais Rilda; Mandala num compasso diferente, de Yane Mendes e O grande clube, de Joelton Black.

Serão exibidos os longas A princesa do beco e o lampião cromado de Rita de Cácia Oenning e Kurt Shaw; Ramo de Hugo, de Coutinho, João Lucas, Pedro Andrade, Rafael Amorim; O silêncio da noite é que tem sido testemunha das minhas amarguras, de Petrônio Lorena; Um homem sentado no corredor, de Felipe André Silva; Pesado – Que som é esse que vem de Pernambuco?, de Leo Crivellare; Prelúdio da Fúria, de Gilvan Barreto e Amores de Chumbo, de Tuca Siqueira.

Além das exibições, a Sacoleja – I Mostra Livre de Cinema Pernambucano traz ainda durante a programação, debates sobre temas que dialogam com a proposta do evento: Cinema Negro, Distribuição: O que fazer com meu filme?, Debate - ABD-PE/Apeci e MAPE e Racializando o branco: reconhecer e combater o racismo no cinema.Os ingressos serão vendidos na bilheteria do cinema São Luiz trinta minutos antes das sessões.

Confira a programação completa da Sacoleja - I Mostra Livre de Cinema de Pernambuco:

19/12 - TERÇA
16h as 18h30 - Debate - ABD-PE/Apeci e MAPE
Sessão Sacoleja III
18h30 - Um homem sentando no corredor (Dir. Felipe André Silva, Fic, 72’)
20h - Pesado – Que som é esse que vem de Pernambuco? (Dir. Leo Crivellare, Doc, 100’)

20/12 - QUARTA
16h as 18h30 - Debate - Racializando o branco: reconhecer e combater o racismo no cinema
Sessão Sacoleja IV
18h30 - Prelúdio da Fúria (Dir. Gilvan Barreto, Doc, 60’)
19h50 - Amores de Chumbo (Dir. Tuca Siqueira, Fic, 98’)

SERVIÇO:
Sacoleja – I Mostra Livre de Cinema Pernambucano
Quando: 16 a 20 de dezembro
Onde: Cinema São Luiz
R$ 3
Contatos para entrevistas:
Carol Vergolino (MAPE) 81 98186-6855 /Anna Andrade (ABD/APECI) 81 99843-2910

Nenhum comentário:

Postar um comentário