segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Projeto Arte da Palavra terá edição no Recife nesta terça (08)

Projeto nacional que defende o diálogo entre escritor e leitor, o Arte da Palavra será realizado em Pernambuco, começando pelo Recife. O Sesc Santa Rita, por meio do Laboratório de Autoria Literária Ascenso Ferreira, traz ao Recife os escritores Cintia Moscovich, do Rio Grande do Sul, e Marcos Peres, do Paraná, para encontro gratuito no Museu da Abolição e na Universidade Católica de Pernambuco (Unicap).

“Nós estamos atuando como ponte, como meio entre quem escreve e quem lê. E isso fortalece a literatura porque abre espaço para a formação de novos públicos”, avalia o gerente de Cultura do Sesc Pernambuco, José Manoel Sobrinho.  O primeiro encontro do Arte da Palavra este ano – dentro do Circuito de Autores – será amanhã (8), no Museu da Abolição, na Madalena, com alunos da escola pública estadual Joaquim Távora, das 15h às 17h; e à noite, no auditório do Bloco G da Unicap, das 19h às 21h.

Cintia Moscovich traz o livro “Essa coisa brilhante que é a chuva”, cujos contos trazem como temática situações rotineiras comuns à maioria das pessoas. Cronista, romancista e jornalista, seguiu carreira em veículo de comunicação até decidir dedicar–se apenas à literatura. Com suas obras, recebeu alguns prêmios, como o Concurso de Contos Guimarães Rosa, do Departamento de Línguas Ibéricas da Rádio France Internationale, de Paris.

Vencedor do Prêmio Sesc de Literatura, Marcos Peres é formado em direito falará no encontro sobre as suas duas obras: “Que fim levou Juliana Klein?” e “O Evangelho segundo Hitler”. O primeiro é um romance policial que busca desvendar a morte da mulher que dá nome ao livro. O segundo, também romance, é inspirado em um conto do escritor argentino Jorge Luis Borges e mescla fatos reais com ficção.

A iniciativa terá mais dois encontros na capital pernambucana, em setembro e outubro e, ainda em agosto, vai circular por cidades como Caruaru, Belo Jardim, Garanhuns, Arcoverde, Petrolina e Triunfo.

Arte da Palavra - Três tipos de circuito compõem o projeto: Autores, voltado para a valorização e divulgação de autores; Oralidade, voltado para contadores de histórias, saraus e apresentações que mesclam poesia com outras manifestações artísticas; e Criação Literária, com oficinas literárias de diferentes temáticas para o exercício da prática da escrita literária e formação de leitores com maior bagagem literária. Em 2017, 48 municípios, de 13 estados, foram convidados para integrar esta edição do projeto, com cerca de 100 autores renomados.

Serviço:
Arte da Palavra
Terça-feira, 8 de agosto
Das 15h às 17h - Museu da Abolição - R. Benfica, 1150 - Madalena
Das 19h às 21h - Bloco G1 da Unicap - R. do Príncipe, 526 - Boa Vista

Entrada gratuita

Nenhum comentário:

Postar um comentário