segunda-feira, 24 de julho de 2017

Palco Giratório leva espetáculos e seminário para o Marco Camarotti

Ledores | Foto: Alécio Cézar
O projeto nacional Palco Giratório aporta este mês no Teatro Marco Camarotti, no Sesc Santo Amaro, com apresentação de dois espetáculos, um Seminário, além do Pensamento Giratório. A iniciativa, considerada a maior de artes cênicas em circulação no país, terá programação movimentada entre os dias 24 e 28 de julho com grade que traz a presença do grupo paulista Cia do Tijolo.

A abertura será hoje (24), às 14h com a mesa Arte e Ancestralidade – Povos Indígenas (programação abaixo). A primeira peça a entrar em cartaz é PA(IDEIA) – pedagogia da libertação (intercâmbio local), que será encenada pelo coletivo Grão Comum e o Gota Serena no dia 25 deste mês. A montagem é a segunda da Trilogia Vermelha e aborda a prisão do professor Paulo Freire em 1964, além de falar do Brasil de hoje e das contradições da educação. No palco do Marco Camarotti, os atores Daniel Barros e Júnior Aguiar propõem um diálogo, a partir da reflexão social, que não deixa ninguém a margem da vida nacional. A abertura tem início às 20h. Os Ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia entrada).

No dia seguinte (26), é a vez da Cia do Tijolo, de São Paulo, apresentar Ledores no Breu, no mesmo horário. O drama é inspirado no pensamento e na prática do educador Paulo Freire, nas obras do poeta Zé da Luz e do ficcionista Guimarães Rosa. O enredo fala da relação entre o homem da leitura, das letras e do mundo ao seu redor. No teatro, histórias que acompanham os leitores na escuridão e analfabetos em pleno século XXI. A direção é assinada por Rodrigo Mercadante e a atuação é de Dinho Lima Flor.


No dia 27, às 20h, acontece o Pensamento Giratório, que é a troca de ideias e reflexões sobre os dois espetáculos, com a Cia do Tijolo, o Coletivo Grão Comum e o Gota Serena. O acesso é gratuito.

Seminário – Realizado pela primeira vez no projeto, traz como tema “20 anos do Palco Giratório”. Serão colocados em discussão pautas como questões de gênero, sexualidade, dramaturgias, a construção de narrativas, a arte e a ancestralidade. Os interessados em participar devem se inscrever gratuitamente através de formulário disponível no site do Sesc Pernambuco (www.sescpe.org.br).

A abertura tem início às 14h com a mesa Arte e Ancestralidade – Povos Indígenas. O encontro traz o debate entre Zeca Ligiéro, Vânia Fialho e Guila Xucuru com mediação de Fred Nascimento. No mesmo dia, às 19h, o foco da discussão será Negros e Quilombolas. Participam da conversa Fernanda Júlia, Samuel Santos e Lara Rodrigues. A mediação será movimentada por Maria Bianca.

No dia seguinte (25/7), questões de gênero e sexualidade ocupam o palco do Marco Camarotti. Para falar sobre o assunto, a mesa será formada por Dodi Leal, Marcondes Lima com a mediação de Robéyonce, primeira advogada Trans de Pernambuco. Já no dia 26, Rodrigo Dourado, Mônica Lira, Eliana Monteiro e Anamaria Sobral participam da mesa Dramaturgias e a Construção de Narrativas.  Ambas acontecem às 14h. 

“Pela primeira vez, o Palco Giratório conta com seminários para discutir aspectos relevantes para as artes cênicas e temas que também permeiam as outras linguagens artísticas”, explica a coordenadora de Artes Cênicas do Sesc Pernambuco e curadora do projeto no estado, Rita Marize.

Dois debates abordam o processo de curadoria no dia 27 de julho. O primeiro, às 14h, destaca Gestão Cultural e Curadoria na Experiência do Sesc: Desafios e Oportunidades, e o outro, às 16h, discute o Mapeando experiências e articulando sentidos: o trabalho de críticos e curadores dos festivais cênicos. No último dia de seminário (28/07), o foco é voltado para acessibilidade, mediação cultural e formação de público. Falam sobre estes temas Felipe Arruda, Bernardo Klimsa e Emanuella de Jesus com a mediação de Andreza Nóbrega. A programação completa pode ser conferida no site do Sesc. 

Serviço:
Seminário 20 anos do Palco Giratório
De 24 a 28 de julho
Teatro Marco Camarotti

Espetáculos:
Dia 25 – Espetáculo Pa(IDEIA) – pedagogia da libertação | 20h | R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia entrada)
Dia 26 – Ledores do Breu | 20h | R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia entrada)
Dia 27 – Pensamento Giratório | 20h – Acesso gratuito

Seminário:
Inscrição gratuita: www.sescpe.org.br

24/07
14h | mesa – Arte e Ancestralidade – Povos Indígenas
Zeca Ligiéro, Vânia Fialho, Guila Xucuru e Fred Nascimento (mediação)

19h | mesa - Arte e Ancestralidade – Negros e quilombolas
Fernanda Júlia, Samuel Santos, Lara Rodrigues, Maria Bianca (mediação)

25/07
14h | Questões de Gênero e Sexualidade - Trans-Posições Artísticas: Diversidade Sexual e Representatividade Política
Dodi Leal, Marcondes Lima, Robeyoncé (mediação)

26/07
14h | Dramaturgias e a construção de Narrativas: (Des)territorializando espaços e (Re)inventando dramaturgias 
Rodrigo Dourado, Mônica Lira, Eliana Monteiro, Anamaria Sobral (mediação)

27/07
14h| mesa 01 – Gestão Cultural e Curadoria na Experiência do Sesc: Desafios e Oportunidades
Maria Carolina Fescina, André Santana , Rita Marize e Raphael Vianna

16h| mesa – Mapeando experiências e articulando sentidos: o trabalho de críticos e curadores dos festivais cênicos
Michelle Rolim, Fábio Pascoal, Nara Menezes e mediação de Pedro Vilela

28/07
14h | Acessibilidade / Mediação Cultural / Formação de Público
Felipe Arruda, Bernardo Klimsa, Emanuella de Jesus e Andreza Nóbrega (mediação).

*informações da assessoria de comunicação


Nenhum comentário:

Postar um comentário