quinta-feira, 6 de julho de 2017

Exposição Quinze para desmistificar os estereótipos da sensibilidade masculina

Daniel Samico
Resgatar e desconstruir a perspectiva de sensibilidade masculina, para se refletir acerca do momento atual. É com esse intuito que a exposição Quinze desembarca no Casato Café.Bistrô, a partir da próxima quinta-feira (13). Promovida pelo Casato Cultural – braço dedicado à cultura do CasatoCafé.Bistrô, formado pela empresária Márcia Cabral e os artistas Fábio Rafael e Daniel Dobbin –  a mostra reunirá os trabalhos de 15 artistas consagrados, locais e de renome nacional, numa reverência ainda ao Dia do Homem, celebrado no Brasil anualmente no dia 15 de julho.

Encartada até o dia 13/08, a exposição contará com obras de Clovis Fazio, Daniel Dobbin, Daniel Samico, Edson Menezes, Emerson Pontes, Fábio Rafael, Heron Martins, Juliano da Hora, Marcelo Figueiredo, Marcello La Greca Marroquim, Nicola, Peregrino, Rinaldo Carvalho, Sergio Esteban e Zilton Antunes, que promovem uma imersão pelas nuances do gênero masculino e desconstroem estereótipos do ser “feito à imagem e semelhança divina”, por meio das mais variadas modalidades artísticas como pintura, escultura, xilogravura e fotografia.


“Antes de tudo, a proposta das nossas mostras tem sido sempre propagar e aproximar a arte dos artistas que já estão há um tempo no mercado dos que estão começando, através do espaço do restaurante”, conta Márcia Cabral, proprietária do Casato Café.Bistrô e que desde a abertura da casa realiza ações conjuntas voltadas para a promoção da cultura e arte em PE, dentro do bistrô. “A ideia da Quinze, por sua vez, é primordialmente resgatar a sensibilidade masculina, para que repensemos o momento em que estamos vivendo – ainda fortemente marcado por preconceito e machismo – desconstruindo padrões, por meio da expressão artística de cada profissional”, esclarece.

Segundo ela, a perspectiva da exposição não é só apresentar obras que tenham a figura masculina como sujeito, mas principalmente alçar o que cada artista homem tem de essência e como isso é transportado para o seu trabalho. “Nosso intuito é apresentar às pessoas como a realidade é apreendida sob a óptica da sensibilidade masculina, sem necessariamente ter o homem como mote – não à toa teremos trabalhos expostos que não foram confeccionados exclusivamente para a expô, são resultado da trajetória artística de cada integrante”, explica a marchand, que defende ainda o objetivo da mostra de provocar uma catarse, a partir de uma interpretação livre da realidade pelos seus componentes.

Em tempo, a Quinze homenageia também o multiartista Murilo Santiago. Arquiteto de formação, Murilo descobriu as artes ainda na infância, tendo encontrado seu DNA artístico a partir do desenho. Atrelado ao universo da ambientação e decoração, o homenageado já desenvolveu alegorias para o um dos maiores patrimônios pernambucanos: o Galo Gigante do bloco carnavalesco Galo da Madrugada, além de produzir uma arte icônica através da técnica de “ensamblagem”, que utiliza aparas de catálogos e revistas para compor relevos e arabescos.

O vernissage da Mostra “15” acontece no Casato Café.Bistrô, dia 13/07 a partir das 19h.

*Da Assessoria de Comunicação
Serviço:
Casato Café.Bistrô
Endereço: Avenida Rui Barbosa, 1503, Graças (Em frente à Capela do Colégio Damas)

Informações: (81) 3034.8909 | www.facebook.com/CasatoBistro | @casatobistro | www.facebook.com/CasatoCultural

Nenhum comentário:

Postar um comentário