segunda-feira, 26 de junho de 2017

Dona Matuta é grande vencedora do 33º Concurso de Quadrilhas Juninas do Recife

Foto: Andréa Rêgo Barros/ PCR
Grupo fundado em 2006, no bairro de San Martim, se inspirou na obra de Patativa do Assaré e conquistou prêmio de R$ 13 mil

A quadrilha Dona Matuta é a grande campeã da 33ª edição do Concurso de Quadrilhas Juninas do Recife, uma realização da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife. O resultado foi divulgado na madrugada do dia 23 de junho, no palhoção do Sítio Trindade, após a apresentação das quatro últimas finalistas da competição.

Formada em 2006, a partir da reunião de quadrilheiros veteranos, a quadrilha surgiu no bairro de San Martin e apresentou este ano o tema O coração de Patativa, baseado na obra do poeta Patativa do Assaré. A apresentação acumulou um total de 119,9 pontos.

A segunda colocada, com apenas um décimo de diferença foi a Quadrilha Raio de Sol, que fez uma colorida e caprichada louvação ao principal padroeiro das festas juninas.  Criada com o objetivo de animar as festas de São João de uma escola do bairro de Águas Compridas, a quadrilha surgiu em 1996 e, desde então, já ganhou vários prêmios. O tema deste ano foi Andanças: Louvação a São João.

O terceiro lugar ficou com a Junina Lumiar, de novo por um décimo de diferença, com o tema O banho de São João. Fundada em 1994, no bairro do Pina, a quadrilha mobiliza os jovens do bairro para manter as tradições culturais nordestinas vivas e em ebulição.

A Origem Nordestina, vencedora da edição passada do concurso, ficou em quarto lugar, com o tema: Nordestinos – Reisfugiados no Eldorado. A quadrilha, que ficou com 119.6 pontos, nasceu no Morro da Conceição, em 1994, e já conquistou vários títulos em concursos juninos. 

Na quinta posição, a Junina Traque somou 119,3 pontos. Este é o primeiro ano de apresentações da quadrilha, fundada em Olinda, que desfilou o tema: A origem nordestina segundo a tradição matuta.

As cinco vencedoras receberão prêmios nos valores de, respectivamente: R$ 13 mil, R$ 9 mil, R$ 7 mil, R$ 6 mil e R$ 5 mil.

Também receberam troféus no encerramento do concurso as quadrilhas:

Raízes do Pinho - Melhor marcador

Origem Nordestina – Melhor casamento

Junina Lumiar – Melhor desenvolvimento do tema

Dona Matuta – Melhor coreografia

Evolução – Melhor trilha sonora

Dona Matuta – Melhor figurino

Ao todo, 45 quadrilhas se habilitaram parta disputar os prêmios e 40 compareceram às apresentações.


Na internet ­- Para mais informações referentes à programação, dias e locais detalhados, serviços, dicas e toda agenda do ciclo junino, acesse o portal da Prefeitura (www.recife.pe.gov.br). Outros canais oficiais para conteúdo junino: Facebook (@SaoJoaodoRecife), Twitter (@SaoJoaodoRecife) e Instagram (@SaoJoaodoRecife). O Twitter da CTTU (@CTTU_Recife) também trará informações e dicas sobre a mobilidade na cidade. O internauta que quiser participar da nossa cobertura, basta usar a hashtag #SaoJoaoRecife.

Nenhum comentário:

Postar um comentário