sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Programação semanal do Cinema São Luiz


SEMANA DE 17 a 23 DE NOVEMBRO

Pré-estreia do filme O mestre e o divino + debate
20 17h - Ingresso Promocional: R$ 5,00
Sinopse:
Dois cineastas retratam a vida na aldeia e na missão de Sangradouro, Mato Grosso: Adalbert Heide, um excêntrico missionário alemão, que, logo após o contato com os índios, em 1957, começa a filmar com sua câmera Super-8, e Divino Tserewahú, jovem cineasta Xavante, que produz filmes para a televisão e festivais de cinema desde os anos 90. Entre cumplicidade, competição, ironia e emoção, eles dão vida a seus registros históricos, revelando bastidores bem peculiares da catequização indígena no Brasil.

Sinopses da programação:

Sob pressão (Brasil, 2016, 90min.)
Direção:
Andrucha Waddington
Gênero: Drama
Elenco: Julio Andrade, Ícaro Silva, Marjorie Estiano
Classificação Etária:12 anos

Dr. Evandro (Júlio Andrade) e sua equipe, formada também pelos doutores Paulo (Ícaro Silva) e Carolina (Marjorie Estiano) enfrentam um tenso dia no hospital em que trabalham quando têm que realizar três cirurgias muito complicadas: um traficante, um policial militar e uma criança. O que complica o caso é que os três foram feridos no mesmo tiroteio em uma favela próxima ao hospital.

Cegonhas - A História que não te contaram (Storks, EUA, 2016, 87min.)
Gênero: Animação
Diretor:
Nicholas Stoller, Doug Sweetland
Classificação Etária: Livre

Todo mundo já sabe de onde vêm os bebês: eles são trazidos pelas cegonhas. Mas agora você vai conhecer a mega estrutura por trás desta fábrica de bebês: na verdade, as cegonhas controlam um grande empreendimento que enfrenta muitas dificuldades para coordenar todas as entregas nos horários e locais certos. 


Cícero Dias, O compadre de Picasso (Brasil, 2016, 79min.)
Direção:
Vladimir Carvalho
Gênero: Documentário
Classificação Etária:
10 anos

O pintor pernambucano Cicero Dias criou uma arte inigualável para o mundo. Próximo de modernista e influenciado por artistas como Pablo Picasso, Fernand Léger e Joan Miró, ele marcou a história da arte brasileira.

Aquarius (Brasil, França, 2016, 141min.)
Direção: Kleber Mendonça Filho
Elenco: Sonia Braga, MaeveJinkings, Irandhir Santos
Gênero: Drama, Suspense
Classificação Etária:
16 anos

Clara (Sonia Braga) tem 65 anos, é jornalista aposentada, viúva e mãe de três adultos. Ela mora em um apartamento localizado na Av. Boa Viagem, no Recife, onde criou seus filhos e viveu boa parte de sua vida. Interessada em construir um novo prédio no espaço, os responsáveis por uma construtora conseguiram adquirir quase todos os apartamentos do prédio, menos o dela. Por mais que tenha deixado bem claro que não pretende vendê-lo, Clara sofre todo tipo de assédio e ameaça para que mude de ideia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário