quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Teatro Marco Camarotti recebe apresentações gratuitas de Viola

Fernando Deghi e Marcus Ferrer
Além de concertos, haverá oficinas, palestras e exposição. Todas as atividades são gratuitas. Caruaru também recebe o projeto

Com cinco ordens de cordas metálicas, a viola possui diferentes afinações e modos de tocar. O instrumento, presente em diversas manifestações tradicionais do país, é tema do Sonora Brasil que aporta no Teatro Marco Camarotti, no Sesc Santo Amaro. Esta edição vai reunir os quatro grupos integrantes do projeto nacional para apresentações gratuitas. Os shows têm início hoje(4) e seguem até o domingo, sempre às 20h, com a participação de convidados especiais. A programação conta ainda com oficinas, palestras, concerto didático e exposição durante o mês.

A abertura (4) será comandada pelos músicos paulistas Paulo Freire e Levi Ramiro, que formam o Violas Caipiras. No palco apresentam repertório que consagrou o instrumento na região Sudeste com as denominações de caipira e sertaneja. Já na sexta-feira (5), tem o grupoViolas Singulares com Sidney Duarte, Rodolfo Vidal e Maurício Ribeiro. Eles apresentam no teatro ritmos tradicionais do cerrado, além do fandango, do norte do Paraná e sul de São Paulo, e o cururu e o siriri, do estado do Mato Grosso. Na noite, haverá ainda a participação do compositor e produtor musical Hugo Lins, que toca a viola de 10 cordas e já é destaque na nova safra de violeiros.

Violas em Concerto, com o duo de Fernando Deghi e Marcus Ferrer, acontece no sábado (6). A dupla passeia entre com canções que remontam ao período colonial brasileiro, onde o instrumento fazia ponte entre a Europa e o Brasil, até os dias atuais com músicas de compositores contemporâneos. No palco, haverá o encontro com o violeiro pernambucano Eduardo Buarque. No último dia de apresentação (7), o público poderá conferir Antônio Madureira, Ivanildo Vilanova e Cássio Nobre com o Violas no Nordeste. O trio mostrará as variações típicas usadas pelos repentistas e a machete, que é característica da região do Recôncavo Baiano. Participam do show o Bando de Violas.

Oficinas – No dia 6, na sala de música do Sesc Santo Amaro, será realizada a oficina de “Violas em Pauta” com Fernando Deghi, que trabalha em torno da composição, recuperação e divulgação e ensino da viola, das 9h às 13h. No mesmo dia e horário, tem a de “Música Contemporânea na Viola” com Marcus Ferrer, que é compositor, violonista e violeiro, e dedica-se ao estudo do instrumento desde a década e 1980. As aulas são gratuitas. O interessado em participar deve se inscrever no setor de cultura da unidade.

Concerto didático – É uma apresentação musical para troca de informações sobre a história, as técnicas e o instrumento, sendo abordada a Viola de 10 cordas. O concerto será realizado pelo construtor de instrumentos musicais de cordas dedilhadas, professor de Luteria, historiador e músico, Rodrigo Veras, no dia 15, às 19h30, e no dia 30, às 15h. A entrada é gratuita.

Palestra – Acontece no dia 15 e terá como tema “Lutheria”, que é a construção de instrumentos musicais. A iniciativa será ministrada por Lucio Jacob, que segue a escola tradicional espanhola na construção de seus violões, tendo também construído violões double top, violões de fibra de carbono e com escala elevada.

Exposição – A mostra“Corpo Du Som”, do pernambucano Rodrigo Veras, aborda a construção artesanal de instrumentos musicais de cordas dedilhadas, baseada na tradicional técnica espanhola. Através de diversas plataformas, se busca uma aproximação entre o público (músicos, estudantes de música, artesãos e interessados) e a Luteria, arte ancestral que traz conhecimentos que interligam áreas tão diversas como acústica, marcenaria, acabamento fino, botânica e música. Estarão expostas fotos,peças prontas (violas), ferramentas, bancadas que estarão expostos na Galeria de Artes Corbiniano Lins até o dia 30 de setembro.

Sonora Brasil - É um projeto que tem como objetivo difundir expressões musicais identificadas com o desenvolvimento histórico da música no Brasil. Em sua 19ª edição, apresenta os temas Sonoros ofícios — cantos de trabalho e Violas brasileiras, que serão desenvolvidos no biênio 2015-2016, com a participação de quatro grupos em cada tema. O segundo tema traça um panorama da viola de cinco ordens e de variantes do instrumento que apresentam características peculiares e regionalizadas, relacionadas a práticas musicais restritas a ambientes geográficos pouco abrangentes.

Serviço:
Sonora Brasil
Teatro Marco Camarotti (Sesc Santo Amaro)
De 04 a 07 às 20h
Entrada gratuita

Apresentações:
Dia 04 – Violas Caipiras
Dia 05 – Violas Singulares com o convidado Hugo Lins
Dia 06 – Violas em Concerto com o convidado Eduardo Buarque
Dia 07 – Violas no Nordeste com o convidado Bando de Violas

Oficina
Dia 6 – Viola em Pauta e Música Contemporânea na Viola
Horário: 9h às 13h

Exposição “Corpo Du Som”
Visitação: até 30 de setembro
Local: Galeria de Artes Corbiniano Lins

Concerto didático
Dia 15 – às 19h30, no Teatro Marco Camarotti
Dia 30 – 15h, no Teatro Marco Camarotti

Palestra Lutheria
Dia 15 – Teatro Marco Camarotti



Nenhum comentário:

Postar um comentário