terça-feira, 9 de agosto de 2016

Festa comemora 50 anos da Jovem Guarda


Renato e Seus Blue Caps, The Fevers e O Túnel do Tempo apresentam show memorável, sábado, no Clube Português do Recife

O programa televisivo Jovem Guarda saiu do ar em 1968, mas o movimento de nome homônimo, que introduziu a guitarra elétrica e os instrumentos eletrônicos na música brasileira, ainda tem lugar cativo nos palcos do país. O projeto “Recordar é Viver: 50 anos da Jovem Guarda” transformará o Clube Português numa grande festa, dia 13 de agosto, com o encontro de The Fevers, Renato e Seus Blue Caps e O Túnel do Tempo. Ingressos já estão à venda a partir de R$ 40 (serviço abaixo).

O show, que homenageia os 50 anos do movimento e concilia épocas por meio das lendárias bandas, presenteia o público com canções marcantes símbolos do “iê-iê-iê”. “Menina Linda”, clássico do grupo Renato e Seus Blue Caps, “Mar de Rosa”, “Agora Eu Sei”, “Hey Girl” e “Vem Me Ajudar”, sucessos dos Fevers, somam-se ao requintado repertório do O Túnel do Tempo, que transita entre Beatles, Creedence, The Mamas and The Papas, Bee Gees, Tim Maia e Roberto Carlos.  Essa sucessão de hits garante que a noite siga sem intervalos.
 
THE FEVERS - Composto por Liebert (baixista), Luiz Claudio (vocalista), Rama (guitarra e violão), Miguel Ângelo (tecladista) e Otávio Henrique (baterista), o grupo iniciou suas atividades musicais em 1965, sob influência de Elvis Presley, Beatles e Rolling Stones. Destacaram-se gravando grandes versões de sucessos internacionais, acompanhando a evolução do mercado musical. Mantiveram a pegada de rock que os lançou, sempre com ritmo dançante, mas acrescentando um toque de contemporaneidade aos novos trabalhos, seja na tecnologia instrumental ou na adaptação de suas obras a novas mídias.
 
RENATO E SEUS BLUE CAPS - A banda surgiu como uma brincadeira em 1960, quando Renato Barros e seus amigos participaram do programa “Hoje é dia de rock”, da rádio Mayrink Veiga, na categoria “Rock ao vivo”. Jair de Taumaturgo, diretor do programa, não aceitou a inscrição com o nome “Bacaninhas do rock da Piedade” e sugeriu que colocassem “Renato e seus Blue Caps”. Com esse nome, o grupo ganhou o 1º lugar e, como prêmio, o convite para participar do programa do Chacrinha na TV Tupi. A formação atual é Renato Barros (compositor, vocalista e guitarrista), Cid Chaves (saxofonista), Derci Velasco (tecladista), Amadeu Signorelli (baixista), Gelsinho Morais (baterista). Desde o início da carreira até os dias atuais, a banda nunca parou de atuar.
 
O TÚNEL DO TEMPO Formado por Bau Blues (trompete), Wagner (sax), Walter e Ossian (guitarra), Beto (contrabaixo), Waldemar Rangel (teclado), Dagô (bateria), Diógenes e Luiz Augusto (vocal), o grupo surgiu em 1986 com a proposta de resgatar o melhor da música dos anos 60, 70 e 80. As apresentações performáticas fazem referência aos Beatles, Creedence, Os Incríveis e levam o público a uma verdadeira viagem pelo tempo.
 
Serviço:
50 anos da Jovem Guarda”
Sábado, 13 de agosto, às 21h
Clube Português do Recife – AV Conselheiro Rosa e Silva, 172, Graças
Informações: 3231.5400
Ingressos: 1º lote: R$ 40 (ingresso promocional para todos, inclusive estudantes)À venda na bilheteria do Clube Português e lojas Figueiras Calçados: Shopping Recife, Shopping Tacaruna, Shopping Northway Paulista, Casa Amarela – Rua Padre Lemos nº 420, Conde da Boa Vista nº 247 e Santo Antônio – Rua Nova nº 226
Mesa para quatro pessoas: R$ 300 e camarote para dez pessoas: R$ 800 (à venda apenas na bilheteria do clube)

*com informações da assessoria de imprensa do evento


Nenhum comentário:

Postar um comentário