quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Estação 4 Cantos reabre em esquema “soft open” com novo cardápio

Referência em arte, moda, gastronomia e música há oito anos na Cidade Alta, o Estação 4 Cantos Galeria & Café já voltou a funcionar. Em esquema de soft open, a casa reabriu para turistas e visitantes cheia de novidades.

Totalmente reformulado, o sobrado do Século XVIII passou por uma reforma de dois meses, capitaneada pela arquiteta Raíssa Ferber. O menu também chega à mesa dos comensais reformulado, com criações exclusivas sob a batuta do chef Caio Veríssimo.

O cardápio soft open do Estação Café une-se à nova proposta arquitetônica e cultural da galeria. “Mantivemos diversas referências regionais, porém fugindo do tradicionalismo e do lugar comum. Na seção dos cafés, a mudança foi pequena. Já nas comidinhas, a alteração foi maior”, antecipa Caio, consultor gastronômico da casa. Graduado em Gastronomia e Segurança Alimentar pela UFRPE, Caio já participou de cozinhas importantes do Recife, como o Chez Georges, Bistrot du Vin e Nez Bistrô.


Entre os cafés que permaneceram, está o Cappuccino caseiro (R$ 6,90), prata da casa que está ainda mais gostosa, com receita à base de café, canela, leite e chocolate. O tão famoso Bolo de Mainha (R$ 12,90) finca sua identidade, mas acrescido a uma nova combinação: brigadeiro morno e calda de chocolate. O Cheese Burguer Artesanal (R$ 21,90), além do mix de 120 gramas em carnes nobres fabricado no próprio café, vem à mesa acompanhado de cebola confit, queijo muçarela e molho barbecue de tamarindo. 

As novas criações do chef Caio imprimem toques regionais ao cardápio do Estação Café. É o caso do Muffin salgado à base de batata doce e queijo parmesão (R$ 6,90). Também vale provar a Panelinha de charque na nata (R$ 13,90), servida como entradinha. Na linha leve regional, a sugestão é aSalada de jerimum grelhado com charque e molho de rapadura com cachaça (R$ 19,90). E, na parte das sobremesas, uma das gratas surpresas é a Taça de cocada cremosa (R$ 14,90), composta por cocada com gengibre, sorvete artesanal de tapioca, chantilly e farofinha de coco.

Aos amantes de cafés especiais, não faltam opções inéditas. Destaque para o Rapadura Macchiatto (R$ 7,90), um tradicional Latte Macchiatto, porém com uma generosa camada de caramelo de rapadura; e o Afogatto Cocada (R$ 9,90), com cocada cremosa, sorvete de tapioca, café expresso e farofinha de coco.

Entre os cafés gelados, os novos brindes são especiais. Experimente o Cappuccino gelado (R$ 14,90), feito com expresso, sorvete de creme, sorvete de canela, chantilly e brigadeiro de canela. Um que promete atrair os paladares é o novo Café Maltado (R$ 15,90), shake de ovomaltine com um toque de café expresso, além da cobertura de chantilly. Todos os cafés são produzidos com grãos da marca de café mineira Orfeu, referência nesse tipo de cultivo no País.

Paisagismo e iluminação - Uma das novidades é que o Estação 4 Cantos ganhou um lounge, que interliga a galeria ao café. Os projetos de iluminação e a disposição dos mobiliários também foram ajustados de forma a valorizar mais o ambiente.
A proposta teve como principal objetivo trazer uma nova atmosfera. Um lounge se projeta para a rua e expõe algumas plantas, remetendo ao jardim do café”, explica a arquiteta Raissa. Em relação ao paisagismo, a renovação foi assinada por Carmem Wanick, que já havia executado projetos no espaço anteriormente.  

Projetos culturais – Em meio às mudanças, o Estação 4 Cantos mantém-se fiel às artes e cultura olindenses. O projeto “Música ao Vivo”, com pocket showscom a participação de músicos formados no Conservatório Pernambucano de Música (CPM), permanece na casa, sempre às sextas e sábados, a partir das 20h. Assim como a exposição “A Casa dos Bonecos Gigantes de Olinda”, que, após atrair centenas de turistas e visitantes nos últimos dois anos, volta com novas calungas de Sílvio Botelho.

A Estação Quatro Cantos – Localizado no centro histórico de Olinda, o lugar apresenta ambiente aconchegante e convidativo, onde são encontradas obras de mais 50 artistas plásticos pernambucanos, peças artesanais, acessórios de moda e decoração de ambientes. A casa valoriza toda a produção de arte regional, além ser um lugar para estar, por abrigar também a Estação Café, onde funciona o serviço de cafeteria e gastronomia. Além de ter uma carta especial de cafés, é possível degustar desde comidas locais, como a tapioca e o cuscuz, até opções mais elaboradas, passando por saladas e sanduíches de receita exclusiva.

Serviço:
Estação Quatro Cantos Galeria & Café
Rua Prudente de Moraes, 440, Sítio Histórico de Olinda (em frente à Pousada dos Quatro Cantos)
Funcionamento: Terça a quinta e domingos, das 11h às 21h. Sexta e sábado, abre das 11h às 22h. O Estação Café abre a partir das 14h.
Fone: (81) 3429.7575
*com informações da assessoria de imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário