quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

PCR realiza reunião com grupo de skatistas e patinadores

A Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer e da Guarda Municipal, recebeu, na manhã dessa quinta-feira (23), uma comissão formada por representantes de grupos de patinadores e skatistas. O encontro foi realizado para discutir locais propícios para a prática desses esportes, não apenas nos finais de semana, evitando o desgaste de pontos turísticos e/ou a utilização de praças que são vistas como locais de convivência. Um novo encontro já ficou definido para a quinta-feira (30) da próxima semana quando serão expostas alternativas para evitar esse tipo de problema.

A Secretaria de Turismo e Lazer possui uma gerência especial para cuidar do Bairro do Recife, espaço histórico da cidade. “O Marco Zero é uma praça de convivência, um espaço tombado que possui uma das maiores obras do artista Cícero Dias (a Rosa dos Ventos). Não é o espaço ideal para a prática de skate ou patins. Por isso, vamos pensar em alternativas ainda no Bairro do Recife para que os skatistas e patinadores possam curtir o esporte sem danos ao patrimônio”, explicou Ana Paula Vilaça, gerente geral do Recife Antigo.

A Guarda Municipal sugeriu dois locais para essas práticas esportivas que serão analisados pela Secretaria de Turismo e Lazer. "Estamos tentando buscar o entendimento entre todas as partes envolvidas e garantir a segurança não só dos skatistas e patinadores, mas também das outras pessoas que frequentam os espaços públicos", afirmou o comandante da corporação, Marcílio Domingos.

Os dois grupos que representaram os inúmeros skatistas e patinadores ficaram satisfeitos com o posicionamento da Prefeitura. “Posso dizer que estamos contentes com o que foi discutido nessa manhã, uma vez que fomos escutados e temos certeza de que a Prefeitura vai agilizar na organização dos espaços para que a gente possa praticar nosso esporte”, afirmou Tâmara Ramos, representante do grupo de patins Pernambuco In Line.

É importante reforçar que a Prefeitura do Recife tem evitado utilizar a Praça do Marco Zero para eventos cuja estrutura conta com montagem/desmontagem de palcos. Apenas eventos já tradicionais como Carnaval e Baile do Menino Deus, no Natal, contaram com estruturas desse porte na Praça. Exemplo disso é o próprio Recife Antigo de Coração, projeto que acontece no bairro no último domingo de cada mês, e que conta com montagens de equipamentos em uma área às margens do Marco Zero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário