sábado, 25 de janeiro de 2014

Bloco da Saudade comemora renovação de público e repertório

Bloco da Saudade. Foto: Rodrigo Pires
O Bloco da Saudade desfila neste Carnaval com três bons motivos para comemorar: além de marcar seus 40 anos de formação, a agremiação lança novo disco e conta com renovação na sua ala de componentes fantasiados. Com o tema “Recife, um Carnaval Divinal”, o bloco lírico vai sair com fantasias inspiradas na fusão de dois clássicos personagens da Commedia dell’Arte, o Pierrot e o Arlequim, e mantém a tradição de se apresentar no Recife e em Olinda durante os dias de Momo. “Este ano temos jovens se incorporando ao grupo, o que reafirma nosso compromisso de manter viva a tradição do frevo de bloco”, afirma a presidente Isabel Bezerra.

E para comemorar tantas novidades, o bloco montou uma bela programação para o folião, que já começa neste final de semana. No domingo (26), a agremiação repete o sucesso do ano passado e realiza a 2ª Manhã de Sol, às 11h, na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB). Uma forma de relembrar os tempos em que os acertos de marcha eram realizados no local (hoje, acontece no Clube Náutico Capibaribe). O público poderá acompanhar as apresentações do coral do bloco, do grupo de frevo Guerreiros do Passo e da orquestra do Maestro Lessa. A farra vai entra pela tarde até às 17h.

Dia 31, é a vez da IV Noite dos Flabelos, no Clube Náutico Capibaribe, às 22h. Em seguida, o bloco realiza seus tradicionais acertos de marcha, nos dias 07 e 14 de fevereiro, sempre às 22h, também no Náutico. E é no mesmo local que as prévias se encerram, trazendo o XXX Baile do Bloco da Saudade, às 20h, para arrematar. A partir daí, a agremiação desfila pelas ruas do Recife e Olinda durante o Carnaval.

Bloco - Idealizado pelo compositor Edgard Moraes em seu frevo de bloco “Valores do Passado”, o Bloco da Saudade foi às ruas pela primeira vez em 24 de fevereiro de 1974, domingo de Momo, por iniciativa do músico Antonio José Madureira e do Jornalista Marcelo Temporal Varella. As finalidades principais era resgatar os Carnavais de bloco e de rua do Recife que, naquela época,  vivia dos bailes nos clubes sociais. Objetivo alcançado, a agremiação conquistou o respeito dos foliões e hoje é detentora do título de Patrimônio Cultural Imaterial do Estado de Pernambuco. 

Programação:
Dia 26/01 – AABB – 2ª Manhã de Sol , às 11h;
Dia 31/01 – IV Noite dos Flabelos, no Clube Náutico Capibaribe, às 22h;
Dia 07/02 - Acertos de marcha, no Clube Náutico Capibaribe, às 22h;
Dia 14/02 – Acertos de archa, no Clube Náutico Capibaribe, às 22h;
Dia 21/02 - XXX Baile do Bloco da Saudade, no Clube Náutico Capibaribe, às 20h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário