Quinteto Violado reflete sobre a trajetória musical do grupo e o legado de Luiz Gonzaga em live do Cais do Sertão

 

 

Quinteto Violado / Foto Divulgação

Marcelo Melo, fundador do conjunto, celebra 50 anos da banda na faixa semanal Conexão Cais 

No mês em que é celebrado o centenário do Rei do Baião, Luiz Gonzaga, artistas, acadêmicos e músicos do Nordeste usam do seu ofício para prestigiar o legado do saudoso músico. O Centro Cultural Cais do Sertão, que tem espaço dedicado à narrativa cantada por Gonzagão, dedica parte de sua programação online para refletir sobre a importância do artista para a música brasileira. E nesta quarta-feira (2), Marcelo Melo, membro fundador e remanescente do Quinteto Violado, celebra os 50 anos em atividade no mercado fonográfico e elucida a importância do Rei para a cultura popular pernambucana em live. A faixa semanal Conexão Cais vai ao ar, ao vivo, no Instagram @caisdosertao, a partir das 15h. 

Referência na música pernambucana desde a década de 1970, o Quinteto Violado coleciona prêmios, discos e histórias para contar. E são curiosidades que dão o mote de mais uma edição do Conexão Cais, que, dessa vez, está sob o comando do músico-educador Diogo do Monte. O músico Marcelo Melo, membro do Quinteto, relembra detalhes do processo criativo das composições do conjunto musical, as parcerias inusitadas e toda a trajetória no mercado, além de saudar o centenário de Luiz Gonzaga.  

“Do acervo ao projeto arquitetônico, todo o museu foi pensado para reproduzir o Sertão composto e cantado por Gonzagão. Neste mês, dedicamos programação online para exaltar o centenário do artista, o seu legado na música e a influência na individuação musical dos artistas da terra”, comenta Diogo. 

Todo o acervo museal e o projeto arquitetônico, ao qual foi digno de prêmios internacionais em 2019, podem ser contemplados por turistas e visitantes nos seguintes horários de funcionamento: quintas e sextas-feiras, das 11 às 17h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h. O Centro Cultural Cais do Sertão é um equipamento gerido pela Secretaria de Turismo e Lazer e Empetur.

 

SERVIÇO

Conexão Cais com Marcelo Melo (Quinteto Violado)

Onde: IG @caisdosertao

horário: 15h

Visitação do museu: quintas e sextas-feiras, das 11 às 17h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h

Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada)

 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zé Cafofinho lança TIRO DA ALMA, projeto inédito contemplado pela Aldir Blanc

COLETIVO CINERUAPE ESTREIA PODCAST NESTE SÁBADO (23)

Shopping Patteo Olinda recebe exposição de veículos em miniatura