NOVO CINE PE 2020 EXIBE CURTAS NA TV PERNAMBUCO

 

 

Manaus Hot City 

 

Os pernambucanos estão tendo uma última oportunidade para assistir aos curtas-metragens das mostras competitivas do NOVO CINE PE 2020. A exibição que começou na última segunda-feira (14),  segue até a sexta (18), os 31 curtas vem sendo exibidos na tela da TV Pernambuco, emissora de televisão educativa filiada à TV Brasil. Das 20 às 21h30, o telespectador conferi filmes oriundos das cinco regiões do País. Participam representantes do Amazonas, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e São Paulo.

 

Por causa da pandemia de Covid-19, pela primeira vez o Festival Audiovisual precisou sair das salas de exibições chegando à web e à televisão. Nesta edição multiplataforma, os filmes selecionados pelos curadores já foram exibidos no Canal Brasil e na plataforma de streaming Canais Globo. A votação popular do NOVO CINE PE segue disponível no aplicativo oficial do festival ou pelo site https://inscricao.festivalcinepe.com.br/votopopular/

 

Confira os últimos dias de programação da TV Pernambuco:

 

Quarta (16/12) – Experimentações de gênero - Classificação Etária – 16 anos

1. A Casa e o Medo (Ani/MA), de Eduardo Aliberti, Henrique Truffi e Valentina Salvestrini: 4’00” -10 anos

2. Celular (Fic/PE), de André Pinto e Henrique Spencer: 9’00” – 10 anos

3. O Sentinela da Frágil Fortaleza (Doc/CE), de Alexandre Vale: 9’00” - Livre

4. Vigia – Um Olhar Para a Morte (Fic/BA), de Victor Marinho: 22’00” – 12 anos

5. Ex-Humanos (Fic/PE), de Mariana Porto: 17’00” - Livre

6. O Homem das Gavetas (Ani/SP>PE?), de Duda Rodrigues: 8’56” – 16 anos

7. O Mundo de Clara (Ani/PE), de Ayodê França: 7’00” - Livre

8. Perdidos (Fic/PE), de Eduardo Santos e Renata Malta: 1’00” -Livre

 

Quinta (17/12) – Espaços e discursos - Classificação Etária – 14 anos

1. Manaus Hot City (Fic/AM), de Rafael Ramos: 13’00” - 12 anos

2. Estação Aquarius (Doc/AL), de Fernando Brandão, Flávia Correia, Jairis Meldrado, Levy Paz, Rayane Góes e Ticiane Simões: 13’47” - Livre

3. Metroréquiem (Doc/PE), de Adalberto Oliveira: 12’26” – 14 anos

4. Vai Melhorar (Fic/RN), de Pedro Fiuza: 17’20” – 12 anos

5. Taoquei? (Doc/BA), de Klaus Hastenreiter, Chris Mariani e Clara Ballena: 9’58” – 10 anos

6. Baixas lendas da classe média alta I: Janaína sem cabeça (Fic/MG), de Bruna Schelb Corrêa: 7’48” - Livre

7. Tá Foda (Ani/RS), de Aline Golart, Denis Souza, Fernanda Maciel, Icaro Castello, Ligia Torres e Victoria Sugar: 4’20” – 12 anos

 

Sexta (18/12) – Retratos de épocas – Classificação Etária 10 anos

1. Cronofobia (Fic/GO), de Luis Calil: 18’00” – 10 anos

2. Eu.Tempo (Doc/PE), de Thaíse Moura: 19’00” - Livre

3. Fragile (Ani/MG), de Ramon Faria: 10’00” -Livre

4. Cidade Natal (Doc/SP), de Ana Luísa Mariquito: 12’00” - Livre

5. Duda (Fic/PR), de Eugenia Castello e William Biagioli: 15’00” - Livre

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACÚSTICO IMAGINAR

“CONFISSÕES URBANAS” UM EXPERIMENTO CÊNICO DIGITAL

FESTIVAL DE TEATRO DE IGARASSU ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS