Ouça Canto de Xangô na releitura do Barbatuques

 

 

Grupo de música corporal lança nas plataformas digitais sua versão homenagem para este clássico da música brasileira

 

O Barbatuques apresentou sua versão para o Canto de Xangô nas plataformas digitais, na última sexta-feira, 20, dia nacional da Consciência Negra. A música de Vinicius de Moraes e Baden Powell faz parte do icônico disco Os Afro-sambas (1966).


A releitura tem arranjo feito por André Hosoi, que conta um pouco sobre. "A idéia foi trazer novas nuances para essa composição que carrega uma forte influência africana, juntando novos caminhos melódicos e harmônicos aos tradicionais ritmos dos tambores que tão bem se adaptam à linguagem da música corporal". 

O single foi lançado nesta data, oportuna para conscientização do racismo estrutural, também como homenagem à música de matriz africana, que com o samba constroem juntas a identidade negra do cancioneiro popular brasileiro. 

Recentemente, o grupo lançou outra releitura, da música He's a Pirate (A Cappella) tema do filme Piratas do Caribe.

 

 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACÚSTICO IMAGINAR

“CONFISSÕES URBANAS” UM EXPERIMENTO CÊNICO DIGITAL

FESTIVAL DE TEATRO DE IGARASSU ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS