quarta-feira, 13 de junho de 2018

Sessão de cineclube, nesta próxima quinta-feira, explora temas como racismo, sistema prisional e criminalização das drogas


"Nascer nas prisões", documentário que será exibido nesta terça-feira

Questões como a precariedade vivida pelas mulheres encarceradas e o sistema prisional nacional; o alto índice da morte de jovens negros no Brasil; e a criminalização das drogas serão temas da próxima sessão de cineclube que o Sindicato dos Servidores do Ministério Público de PE (Sindsemp/PE) realiza na nesta quinta-feira (14), às 18hs. O encontro tem curadoria da cineclubista, Rose Lima e acontece no auditório da entidade.
"Baseado no Brasil" aborda a questão da regularização da maconha no país
Os filmes exibidos são os curtas Rapsódia para o Homem Negro, dirigido por Gabriel Martins, que traz um personagem que foi espancado até a morte durante um conflito em uma ocupação em Belo Horizonte; Baseado no Brasil que tem direção coletiva de Vinicius Falavigna, Matheus L. Zampa e Bruno Accorsi Garcez e mostra a dificuldade que se tem no Brasil para fazer com que as autoridades, políticos e a polícia entendam que usuário de drogas é diferente de traficante. O filme mostra como a regularização poderia trazer diversos benefícios para o país, tanto para economia quanto para o fim da criminalização e da violência.
Além desses, o documentário Nascer nas prisões produzido pela Fiocruz e lançado no ano passado, sob a direção de Bia Fioretti. Filmado a partir dos resultados de um trabalho de pesquisa em saúde materno-infantil nos presídios brasileiros, o filme aborda os conflitos e problemas enfrentados pelas mulheres privadas de liberdade em relação ao direito a um pré-natal de qualidade, além de questões com doenças evitáveis não adequadamente tratadas, discriminação na hora do parto e dificuldades com o cuidado do recém-nascido, além do impacto social.
Promotora de Justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Irene Cardoso
Após a exibição dos filmes, haverá um bate-papo com a cientista social, Edna Jatobá, coordenadora executiva do GAJOP, e com a promotora de Justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Irene Cardoso. O Sindicato fica na Av. Visconde de Suassuna, nº 114, em Santo Amaro.

SERVIÇO: 

Sessão de cineclube
Tema: "Enfrentamento ao racismo: reforma da política de drogas e as relações com o sistema prisional"
Dia:  14 de junho (quinta-feira)
Horário: 18h 
Local:  auditório - sede do Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Pernambuco (Av. Visconde de Suassuna, nº 114, em Santo Amaro)
Debate: Irene Cardoso (Promotora de Justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e Edna Jatobá (Coordenadora Executiva do GAJOP)

Aberto ao público | Entrada Gratuita

Nenhum comentário:

Postar um comentário