sexta-feira, 9 de março de 2018

Semana Arte Mulher

A dita curva / Foto:Flora Negri

“A Dita Curva”, tributo a Reginaldo Rossi, recital no santuário do Morro da Conceição: confira agenda de despedida

A Semana Arte Mulher encerra sua programação este fim de semana com shows, espetáculos e performances para adultos e crianças. A agenda traz como destaque no Teatro Hermilo o show “A Dita Curva”, o espetáculo de dança “Casa de Abelhas” (da companhia carioca Tápias) e a performance “Exposições em Movimento – Diálogos de Corpos Femininos”, com apresentação, entre outras, da artista trans Perlla Ranielly e de frevo dançado ao som de cello. No Morro da Conceição, tributo a Reginaldo Rossi no palco e recital de piano dentro do santuário. Tem ainda a estreia do Polo das Crianças, no Parque da Jaqueira. Todas as ações - gratuitas, exceto “A Dita Curva” e “Casa de Abelhas” - são protagonizadas por mulheres.


Confira a programação:

Complexo Centro Apolo-Hermilo

Sábado, dia 10
Espetáculo de dança “Casa de Abelhas”, do Tápias Cia. de Dança (RJ)
20h30, Teatro Hermilo Borba Filho. Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia), à venda no local.
Casa de Abelhas/Divulgação
Com uma cenografia de barbantes por todo o espaço, a coreógrafa cria uma atmosfera peculiar para explorar o tempo de espera, que é irreversível. O espaço corporal interno se transforma em múltiplos espaços, pensamentos, dimensões, sempre como se o tempo fosse um fio condutor incansável que fizesse a personagem reagir. Movimentos de vida. Concepção, coreografia e interpretação de Flávia Tápias.

Domingo, dia 11
Exposições em Movimento – Diálogos de Corpos Femininos
18h, Teatro Hermilo Borba Filho. 16 anos. Entrada franca
Quatro performances com roteiro no qual as artistas e seus diálogos sobre realidade social, afeto, política e o fazer artístico provocam sobre o lugar onde o feminino se constitui e ganha notoriedade. São elas:

“Al-5”, com o Coletivo Rua das Vadias. Entre as práticas de tortura, a água suspensa que pinga insistentemente em um mesmo ponto da cabeça. Infiltração no cérebro/corpo causadora de paralisia. Repressão, medo, controle, explosão, lágrimas, luto. Até quando suportamos a imobilidade? Respiramos mulheres que ousaram romper paradigmas e transformar realidades. Bomba. Com Gardênia Coleto, Gabrielle Conde, Marcela Aragão, Marcela Felipe, Maria Agrelli, Natalie Revorêdo, Rebeca Gondim.

“Eu Sou o Quê?”, com  Perlla Ranielly Baseando-se no alto número de mulheres trans e travestis assassinadas e/ou violentadas no País, Perlla Ranielly tenta friccionar o discurso hegemônico sobre os corpos dessas pessoas, marcados pelo machismo e patriarcado, com o seu real desejo de representação.

“PassoCello”, com  Maria Flor (passista de frevo), Mayara Ferreira e Mayra Ferreira (violoncelistas). Frevo de forma inusitada e visceral. O diálogo entre a música e a dança ultrapassa a linha de obviedade e chega a se uniformizar nas composições e improvisos dos movimentos e sons. Entre melodias e harmonias, os violoncelos formam a estrutura musical do trio e inovam na releitura da música “Ninho de Vespa” (de Dori Caymmi e Paulo César Pinheiro), trazendo o toque aveludado do cello para uma boa conversa com o passo do frevo.

“Dor de Pierrot: 80 aos Pedaços”, com Gardênia Coleto. A partir de registros do movimento artístico e político dos anos 1980 no Recife, a reperformance constrói um novo olhar sobre a obra “Dor de Pierrot”, criada em 1984 pelo bailarino Bernot Sanches. A composição se dá através de fragmentos coreográficos e discursivos de obras e textos feitos naquele período e traz uma reflexão sobre as repetições e transformações referentes ao tratamento do artista de dança.

Domingo, dia 11
Musical “A Dita Curva”
19h30, Teatro Hermilo Borba Filho. Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia), à venda no local.
“A Dita Curva” é um ponto de encontro entre as artistas e compositoras Aninha Martins, Aishá Lourenço, Flaira Ferro, Isaar, Isadora Melo, Sofia Freire, Luna Vitrolira, Laís de Assis, Paula Bujes e Ylana Queiroga. O show traz repertório autoral de canções costuradas por poesias e música instrumental ao som de violino, percussão, violão, viola e teclado. É um passeio poético que contempla a singularidade expressiva de cada artista, sugerindo momentos de canto em grupo, solos, duos e quartetos.

Polo de Todas as Artes | Morro da Conceição

Sábado, dia 10
Rachel Casado e convidadas
20h, Santuário Nossa Sra da Conceição
Rachel é graduada, mestre e doutora em piano. Neste recital, além de executar peças solo, a pianista receberá renomadas instrumentistas residentes em Pernambuco, para, juntas, presentearem o público com o melhor da música.

Sábado, dia 10
As Kallinas
21h, palco
O grupo objetiva combater o preconceito de gênero na cultura popular, difundindo a cultura pernambucana de forma criativa, irreverente e original. Leva um toque feminino à percussão, diferenciando-se do formato dos grupos percussivos já existentes, compostos quase que exclusivamente por homens.

Sábado, dia 10
Show Elas Cantam Reginaldo Rossi
22h30, palco
As cantoras Kelly Rosa, Sheila Toy, Michelle Monteiro, Gabi do Carmo e Nancy Lira homenageiam o Rei do Brega, Reginaldo Rossi. No repertório, releituras de clássicos como Borogodá, A Raposa e as Uvas, Eu Devia Te Odiar e Garçom.

Domingo, dia 11
Show As Levianinhas
15h, palco
A banda de palhaças As Levianas canta e toca repertório para as crianças e toda a família. O show é construído a partir do humor leve e irreverente. Entremeado de gags, trapalhadas e interações, as palhaças, aos poucos, subvertem a ordem - no sentido de que a boa desordem é sempre bem-vinda! Com as atrizes palhaças Juliana de Almeida, Nara Menezes. Músicos: Bárbara Moraes (bateria) e Jorge van der Linden (guitarra).

Domingo, dia 11
Show Mini Rock
16h30, palco
Rock para as crianças! O show da Mini Rock é uma diversão para pais e filhos, tios e sobrinhos, vovós e netos. A banda surgiu em 2011, é liderada pela musicista Cláudia Soul e traz a clássica formação de uma banda de rock: baixo, guitarra e bateria.

Domingo, dia 11
Recital As Divas, Árias de ópera
19h, Santuário Nossa Sra da Conceição
O trio As Divas apresenta o recital “Uma Noite de Ópera”. A soprano Nadja Souza e a mezzo-soprano Jéssica Soares, acompanhadas pela pianista Rachel Casado, executarão as mais belas árias de ópera, trazendo ao público uma demonstração da música vocal erudita universal.

Polo Das Crianças | Parque da Jaqueira
Fada Magrinha/Divulgação

Sábado, dia 10
14h Contação de histórias, com Mariane e Milla Bigio
15h Show As Levianinhas
16h30 Show Mini Rock

Domingo, dia 11
14h Contação de histórias, com Susana Morais
15h Espetáculo “Respeitando as Diferenças”, com a Turma Cantarolando
16h30 Show Fada Magrinha

* Programação completa: www.semanaartemulher.com

* Fotos em alta resolução: http://bit.ly/middiasam

Nenhum comentário:

Postar um comentário