terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Musical “Gonzagão – A Lenda” volta ao Recife para três apresentações

Gonzagão - A Lenda | Foto: Magali Moraes
Com texto e direção de João Falcão, o espetáculo fica em cartaz de 10 a 12 de fevereiro, no Teatro RioMar

Com texto e direção de João Falcão, o musical “Gonzagão – A Lenda” volta ao Recife para transformar a música de Luiz Gonzaga em poesia encenada. O espetáculo, que cumpre temporada de 10 a 12 de fevereiro, no Teatro RioMar, passa antes por Natal, dias 4 e 5, no Teatro Riachuelo. Ingressos já estão à venda a partir de R$ 50 (serviço abaixo). 

No palco, nove atores fazem uma viagem musical pela trajetória do Rei do Baião através de clássicos como Cintura fina, O xote das meninas, Qui nem jiló,Baião, Pau-de-arara, e a mais célebre criação, Asa branca. Como em qualquer história de homem que vira mito, a vida de Luiz Gonzaga tem passagens em que as versões de seus biógrafos não convergem, em que realidade e fantasia se confundem, e o autor e diretor João Falcão se sentiu livre para tratar mais do mito do que do homem. “É a história de Luiz Gonzaga, mas não é Wikipédia”, diz Falcão, que evitou qualquer didatismo na construção do texto, embora tenha lido vários livros sobre um dos artistas mais importantes da música brasileira, que morreu em 2 de agosto de 1989.

Revelação - nessa montagem, joão falcão apresentou um novo talento ao público: marcelo mimoso, que narra boa parte da história de gonzaga no palco e canta a maioria das músicas. Filho de sanfoneiro, Marcelo era taxista e também cantor de forró, nunca havia assistido a uma peça. Foi descoberto por Falcão numa noite em que se apresentava em um bar da Lapa, no Rio de Janeiro.
 
Companhia Teatral - A continuidade do trabalho realizado em Gonzagão deu ao conjunto de atores a possibilidade de formar uma companhia teatral. A Barca dos Corações Partidos – Companhia Brasileira de Movimento e Som já possui três peças musicais em seu repertório: Gonzagão – A Lenda, com texto e direção de João Falcão; Ópera do Malandro, de Chico Buarque e também com direção de João Falcão; e Auê, com direção de Duda Maia. Os três projetos foram idealizados por Andréa Alves e são uma realização da Sarau Agência de Cultura Brasileira, a qual a companhia é associada. “A Barca” é fruto de um encontro entre artistas que não sabem ao certo se são músicos, atores, cantores ou palhaços, mas que encontram prazer e liberdade na brincadeira do teatro.

Serviço:
Gonzagão – A Lenda
10 de fevereiro (sexta), às 21h
11 de fevereiro (sábado), às 21h
12 de fevereiro (domingo), às 20h
Teatro RioMar: Av. República do Líbano, 251, 4º piso – RioMar Shopping
Ingressos: Balcão: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia) | Plateia Alta: R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia) | Plateia Baixa: R$ 160 (inteira) e R$ 80 (meia)
À venda bilheteria do Teatro RioMar Recife (terça a sábado, das 12h às 21h, e domingos e feriados, das 14h às 20h)
Vendas online: www.ingressorapido.com.br  | Televendas: 4003-1212

- 50% de desconto na compra de até 02 ingressos por assinante titular do Jornal do Commercio, mediante apresentação da carteira do JC Clube e documento de identificação com foto. Desconto válido apenas para vendas na bilheteria do teatro;
- 50% de desconto para titulares do Cartão Alelo Cultura, na compra de um ingresso, pago com o Cartão Alelo Cultura (vale-cultura), adquirido somente na bilheteria do Teatro RioMar Recife – limitado a 100 ingressos.

**A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais em Pernambuco:
- IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
- ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações:www.documentodoestudante.com.br  - PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.
- JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
- JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.
PROFESSORES E SERVIDORES DO SISTEMA ESTADUAL DE ENSINO mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria Estadual de Educação, Carteira Profissional, documento de comprovação de filiação à instituição representativa de professores ou servidores de instituições de ensino. Estão aptos ao benefício os servidores lotados na Secretaria de Educação, Universidade de Pernambuco – UPE, Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco – FUNDARPE, Conservatório Pernambuco de Música e os servidores lotados nos centros profissionalizantes SECTMA – Secretaria de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente.
****** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.


Nenhum comentário:

Postar um comentário